Windows 11 chega em outubro! Veja tudo que o sistema traz de novidade

Reunimos e esclarecemos o que a Microsoft promete com o seu novo sistema operacional

A Microsoft confirmou o lançamento do Windows 11 para o dia 5 de outubro deste ano. O novo sistema operacional traz diversas novidades, principalmente no seu visual, e prometer ter melhor desempenho e novos recursos.

Contudo, a própria empresa desenvolvedora afirmou que ele não é uma grande revolução, continuará familiar para quem já costuma utilizá-lo.

Vale lembrar que o Windows 10 tem suporte garantido até outubro de 2025.

Confira os principais destaques que chegam com a maior e mais recente atualização do Windows.


Design

O principal destaque do Windows 11 é sem dúvida o seu visual. A Microsoft escolheu bordas mais arredondas para o menu iniciar, janelas e ícones. A interface ficou muito parecida com o que usuários Linux utilizam há mais de uma década. Mas a escolha foi assertiva, o sistema ficou de fato mais bonito e moderno.

O primeiro detalhe que um usuário perceberá é o menu iniciar centralizado por padrão. Mas é claro, é possível alinhar à esquerda como todas as versões anteriores.

Até o primeiro arquivo de instalação vazado permitia com que a alteração fosse feita em poucos cliques. Já na versão que está em teste para integrantes do Windows Insider, a opção está um pouco mais escondida.

Continua após a publicidade

Widgets

Outra novidade são as widgets, fixadas por padrão no menu iniciar e ao lado do ícone de pesquisa (lupa). Elas oferecem informações rápidas sobre o tempo, sobre o mercado de ações, esportes, suas fotos e também notícias.

Você também pode personalizar o que aparece e fazer buscas na web. E segundo a Microsoft, essa aba contará com implementação de inteligência artificial.


Windows na nuvem

Agora há uma nova compatibilidade com serviços da Microsoft na Nuvem, ela dará preferência a arquivos do seu pacote office online no menu iniciar. Desta forma, se você estava editando algo online e fecha, ele será destacado na aba de recomendados.


Trabalhando com múltiplas telas

O Windows 10X chegou a existir internamente na Microsoft, mas foi cancelado. Suas aplicações eram pensadas para trabalho em múltiplas telas, facilitando a vida de quem utiliza mais de um monitor.

Mas todo o seu desenvolvimento não foi em vão, suas novidades estão presentes no Windows 11. Ao colocar o ponteiro do mouse sobre as opções de janela é possível organizar as janelas mais facilmente.

Continua após a publicidade

Além disso, se você está com dois monitores abertos e desconecta um, o sistema automaticamente minimiza o que estava aberto em outra janela e junta em um grupo. E se você reconectar o cabo, as janelas voltam à organização original.

Antes, no Windows 10, as janelas continuavam no mesmo estado e na única tela disponível.

Também é possível utilizar o que a empresa chama de "snap layout", que basicamente é arrastar as janelas com mais facilidade, com o mouse ou touchscreen.


Mais desempenho

Aqui a promessa é de que jogos e aplicações terão mais desempenho no Windows 11. Em nossos testes iniciais não percebemos diferença entre o sistema operacional novo e velho, mas o ponto aqui é que a novidade terá acesso a novos recursos que estão por vir.

Em jogos, a Microsoft promete aproveitar da melhor forma possível os recursos do DirectX 12, Auto HDR, Direct Storage e mais.

O auto HDR permitirá um alcance dinâmico aprimorado, trazendo maior contraste, cores mais vivas, sem que o jogo precise ter compatibilidade com o HDR. É claro, o usuário ainda precisará de um monitor HDR para visualizar o recurso.

Outro ponto que vale a pena ser mencionado é o Direct Storage, tecnologia que auxilia o processador do computador a não ficar sobrecarregado. O recurso também permite acessar dados dos jogos mais rapidamente. No entanto, é necessário ter ao menos menos um SSD NVMe de 1TB, segundo a empresa.


Nova loja de aplicativos

As pessoas pediram e a Microsoft atendeu, uma nova loja de aplicativos está implementada e promete funcionar


Aplicativos Android no Windows 11

Será possível utilizar aplicativos de celular no Windows 11 através da Windows Store. Na realidade, para ser mais preciso, você estará utilizando apps presentes na Amazon Apps disponibilizados dentro da Microsoft Store. O TikTok foi o exemplo utilizado para demonstrar como isso funcionará.

A implementação parece complexa e há todos indícios de que pode não funcionar muito bem. Tanto que este recurso em especial não chega no dia 5 de outubro, mas só em 2022.


Compatibilidade

Aqui nós temos o assunto mais cabeludo desde o anúncio, principalmente por conta do Trusted Plataform Module, o TPM.

Para instalar o Windows 11 a Microsoft listou a necessidade de ter um computador com TPM na versão 2.0. O chip é encontrado em placas-mães e é responsável por registro de dados e etapas de processamento envolvendo segurança.

O grande problema é que muitas pessoas que tentaram instalar a build vazada enfrentaram esta barreira, fazendo com que a empresa voltasse atrás no requisito, mas não completamente.

Requisitos mínimos

De maneira direta, o comunicado mais atual e mais direto que tenho sobre o assunto é: quem não tem um computador que não atende aos requisitos mínimos poderá fazer a instalação utilizando uma ISO. Mas ainda assim precisará seguir alguns requisitos:

  • Computador 64-bits
  • 4GB de memória RAM
  • Processador com ao menos 1GHz
  • Processador com ao menos dois núcleos
  • TPM 1.2

E com um computador que não bate com as especificações recomendadas, a Microsoft aponta que você não receberá do Windows Update e nem qualquer atualização de segurança.

A principal diferença dos requisitos acima para os recomendados é o TPM 2.0. Ou seja, o comunicado mais recente dela tem relação direta com o módulo de segurança.

E a ideia de fazer essa limitação por hardware, ou ao menos a justificativa adotada, é a de que está na hora de deixar os computadores mais seguros. Este componente seria capaz de entregar o mínimo de segurança esperada.

E em um primeiro momento, quem tiver um computador com Windows 7 precisará fazer a instalação limpa, não conseguirá fazer a migração via sistema.

Requisitos recomendados

  • Computador 64-bits 
  • 4GB de memória RAM
  • Processador com ao menos 1GHz
  • Processador com ao menos dois núcleos
  • TPM 2.0

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Microsoft, The Verge
User img

Neri Neto

O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Mundo Conectado. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama.

Compramos um iPhone Fake e tivemos uma surpresa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.