Tecnologia Mini LED trará salto de QUALIDADE e CONTRASTE para TVs Samsung QLED 2021

Além de apostar no Mini LED, empresa planeja trazer modelo Micro LED esse ano

Hoje a Samsung realizou o First Look, seu já tradicional evento pré CES em que a empresa mostra em primeira mão suas novidades para a maior feira de tecnologia do Mundo. Esse ano o destaque foi a o anúncio da chegada da tecnologia Mini LED em sua linha de TVs premium, a QLED 2021.

Se em 2020 a empresa não inovou muito em seu portfólio de TVs, 2021 começa com o anúncio de vários modelos baseados na tecnologia de pontos quânticos combinadas com Mini LEDs. Ao tdo foram anunciados 03 modelos com resolução 4K: QN95A, QN90A e Q85A e 02 modelos com resolução 8K: QN900A e QN800A. No Brasil a empresa já anunciou a chegada da QN90 em 4K e QN900 em 8K, porém nem todos os modelos anunciados globalmente devem ser comercializados no Brasil.

Mas o que é e qual a real vantagem da tecnologia Mini LED?

Toda TV LCD precisa de um painel posicionado na parte de trás da TV para iluminar os pixels apresentados na tela. Com a tecnologia Mini LED, sai a iluminação baseada nos LEDs convencionais e entram Mini LEDs, aproximadamente 40 vezes menores que os convencionais, dessa forma temos muito mais LEDs, com iluminação mais precisa e possibilidade de iluminação da tela de forma mais regionalizada.

A Samsung ainda não especifica a quantidade de LEDs e zonas de iluminação presentes nas TVs com tecnologia Neo QLED, mas a LG que já anunciou que as suas TVs com tecnologia Mini LED chegarão com 30.000 Mini LEDs e até 2.500 zonas de iluminação, o que, na prática, deve reduzir ou até acabar com o efeito blooming, que gera uma auréola (halo) ao redor de imagens brilhantes posicionadas no primeiro plano quando o fundo é muito escuro, principalmente se essa imagem está localizada em uma área de transição entre zonas de iluminação – gerando vazamentos.

O Mini LED é uma evolução muito bem vinda para as TVs com telas LCD e deve aproximar o nível de contraste das TVs Neo QLED ao das TVs OLED, além de melhorar a qualidade de imagem de forma geral e possibilitar desenvolvimento de TVs QLED mais finas - devido ao painel de retro iluminação mais fino.

Controle remoto sem pilhas e caixas origami

Pensando em sustentabilidade, a Samsung anunciou várias mudanças no produto como um todo. As caixas das TVs deixam de ser lixo e passam a ser objeto de decoração, podendo ser usado como porta revista, casa de gatos e brinquedo de criança. Isso porque a Samsung já vinha usando na The Frame e The Serum, duas linhas de TVs de nicho, caixas em formato de origami e agora ela traz caixas reaproveitáveis em toda a linha QLED 2021.

Já o controle remoto abandona as pilhas tradicionais e passa a contar com uma bateria muito mais durável, recarregado através de células solares que usam a luz ambiente. Com isso a empresa visa diminuir a produção de lixo eletrônico, ao mesmo tempo que gera economia para o consumidor.

Continua após a publicidade

De forma geral, o evento não detalhou as tecnologias ou trouxe especificações, data de lançamento e preço dos produtos, porém a Samsung promete lançamento dos produtos no Brasil no segundo trimestre e mais novidades em breve.
 

User img

Jacson Boeing

Apaixonado por tecnologia, gadgets e pelo universo geek em geral, Jacson Boeing é sócio-fundador e Editor do Adrenaline, onde desenvolve um trabalho de bastidores, desenvolvendo parcerias e formas criativas de dominar o universo! Fora os sonhos ambiciosos, também ajuda no desenvolvimento de pautas e escreve esporadicamente sobre tecnologia, além de viajar para cobrir in-loco alguns eventos internacionais considerados importantes dentro da estratégia de expansão do Adrenaline.

POCO M3: ANÁLISE COMPLETA do BARATINHO da XIAOMI que surpreende

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.