Dolby Atmos: som tridimensional traz imersão e inaugura era do som objeto

São mais de 500 filmes compatíveis disponíveis no Netflix, iTunes e principais serviços de streaming

Dolby Atmos traz a maior revolução em som desde a chegada do som estéreo nos cinemas, com o filme Fantasia, há cerca de 80 anos. Nesse meio tempo surgiu o som 5.1, com os discos laser, o 7.1 com DVDs e Blu-rays, uma grande evolução que trazia muito mais imersão através de um sistema de caixas que faz o som circular pela sua sala, ou cinemas, porém sempre no eixo horizontal - sem trazer a imersão do som vertical, como nossos ouvidos captam o som ambiente no dia a dia.

Com a chegada do Dolby Atmos os diretores de cinema e engenheiros de áudio passam a poder transmitir a experiência de som também no eixo vertical, inaugurando a era do som objeto - som tridimensional que se desloca e preenche todo o ambiente como se você estivesse dentro de uma redoma, permitindo que sons específicos sejam isolados e direcionados individualmente para uma ou mais caixas, controlando intensidade em cada uma delas. Isso é possível porque com os sistemas 7.1 só haviam 08 canais de áudio disponíveis, já com Dolby Atmos os cinemas passam a suportar até 128 canais e 64 caixas, controlando precisamente o deslocamento do som no ambiente, daí o nome: som objeto.

Na sua casa, Dolby Atmos permite até 34 canais de áudio e configurações de Home Theater que vão de 5.1.2 até 11.1.8. Em um home theater 11.1.8 você tem duas caixas estéreo, a caixa central e oito caixas surround, que fazem o som circular pela sala. O .1 se refere ao subwoofer e o .8 as oito caixas responsáveis pelo som vertical, que podem ser caixas posicionadas em posições específicas do teto ou mesmo usar caixas surround habilitadas para Dolby Atmos, que jogam o som para cima, rebatendo no teto e chegando até o telespectador.

Além do vídeo lá no Youtube, temos aqui no site um artigo completo lá explicando detalhadamente como funciona Dolby Atmos, particularidades da tecnologia, TVs, receivers, soundbars e media players compatíveis, além, claro, do conteúdo: serviços de streaming compatíveis, filmes, séries etc.

E se você curte cinema, não deixe de conferir também nosso artigo sobre Dolby Vision, o HDR dinâmico da Dolby que é hoje o formato de HDR mais adotado em Hollywood. Lembrando que ambas as tecnologias (Dolby Atmos e Vision) estão presentes na TV LG OLED 65B9 que estamos analisando. Já tem unboxing dela no no canal no Youtube.

User img

Jacson Boeing

Apaixonado por tecnologia, gadgets e pelo universo geek em geral, Jacson Boeing é sócio-fundador e Editor do Adrenaline, onde desenvolve um trabalho de bastidores, desenvolvendo parcerias e formas criativas de dominar o universo! Fora os sonhos ambiciosos, também ajuda no desenvolvimento de pautas e escreve esporadicamente sobre tecnologia, além de viajar para cobrir in-loco alguns eventos internacionais considerados importantes dentro da estratégia de expansão do Adrenaline.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.