Veja tudo que você precisa saber do ZOOM neste vídeo e faça conferências e aulas online

Mostramos como funciona o app que está bombando e falamos de suas vantagens e desvantagens

Leitura Rápida

  • O Zoom é o app mais usado pra vídeo conferências, reuniões e aulas online
  • O aplicativo tem uma versão gratuita com até 40 minutos de vídeo
  • Problemas de vulnerabilidade foram descobertos, mas já houve uma atualização

Desde que começou a quarentena e o isolamento social por causa da pandemia do coronavírus, muito se tem falado do Zoom, um aplicativo para vídeo conferências. Decidimos então gravar esse vídeo para explicar do que se trata o programa, como ele funciona e comentar também sobre as notícias em relação à sua segurança.

O principal diferencial do programa em relação a outros de chamadas online em grupo, é que o Zoom foi feito especialmente pensando em conferências mesmo, com vários participantes. Ele pode ser usado para reuniões maiores, palestras, aulas online, esse tipo de coisa. Sendo assim, além de permitir um número maior de participantes, ele oferece ferramentas que são úteis pra esse tipo de formato.

No vídeo mostramos na prática como funciona. Você vai precisar instalar o Zoom, seja pra participar de uma conferência ou reunião online ou pra organizar uma. Se for só pra assistir, não é necessário criar uma conta, mas para organizar uma apresentação online, o registro é obrigatório. Você pode fazer o download do programa e o registro na plataforma no site oficial do Zoom, neste link.

Continua após a publicidade

O Zoom é um app que trabalha no modelo "freemium". Ou seja, ele tem uma versão inteiramente gratuita e versões pagas com mais funções. Tudo que mostramos no vídeo deste post está disponível e pode ser usado na versão gratuita, isso é importante enfatizar. Mas, com algumas limitações:

- Até 100 participantes numa conferência
- Até 40 minutos de transmissão

Outra coisa que precisamos mencionar aqui é que o Zoom foi acusado de ter graves falhas de segurança no começo de abril. O programa tinha vulnerabilidades que permitiam hackers ter acesso ao seu microfone, sua câmera, roubar sua senha e informações e até o conteúdo de ligações. No meio do mês foram até descobertas 500.000 contas do Zoom à venda na Dark Web e a Anvisa chegou a proibir seus funcionários de usarem o Zoom a trabalho.

Continua após a publicidade

Os desenvolvedores por trás do programa reconheceram suas falhas de segurança e o CEO Eric Yuan prometeu melhorar. De lá pra cá o Zoom já recebeu atualizações que devem tornar o programa mais seguro, mas ainda não temos criptografia de ponta a ponta.

Em breve vamos publicar um artigo trazendo ainda mais informações sobre o Zoom, então fiquem ligados.

User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.