Samsung Electronics encerra segundo trimestre fiscal com baixa nos lucros de 56%
Créditos: The Jakarta Post

Samsung Electronics encerra segundo trimestre fiscal com baixa nos lucros de 56%

A queda nos lucros se deu pela baixa nos custos de chips de memórias e poucas vendas

A Samsung Electronics anunciou os lucros do segundo trimestre e mostrou queda em mais de 50% em relação ao mesmo período do ano passado. Isso se deve a diversos fatores, como a baixa dos preços nos chips e poucas vendas dos iPhones de última geração, a Apple compra componentes eletrônicos da coreana para equipar os smartphones.

A empresa fechou o trimestre com um lucro de US$5,6 bilhões, aproximadamente 6,6 trilhões de won coreanos, 56% a menos do que o mesmo período de 2018. Apesar de ser um número expressivo, demonstra uma queda significativa nos lucros da empresa. Essa notícia não foi uma surpresa para os investidores, a empresa já previa que fecharia o trimestre em baixa.

25/07/2019 às 14:27
Notícia

Galaxy A80 vai chegar no Brasil dia 5 de agosto por R$3.499

O aparelho foi lançado na Itália em abril deste ano e chegará nas cores preto e rosé

Apesar do cenário não ser muito otimista, a Samsung anunciou que irá se concentrar em outras fatias do mercado, como smartphones intermediários e displays OLED rígidos, que foi uma das parcelas com maiores lucros do trimestre. Outros ramos que deram lucro para empresa foram os eletrodomésticos como máquinas de lavar e refrigeradores

A empresa demonstra que pretende investir em outros setores para continuar com a alta lucratividade e superar o declínio apresentado neste trimestre. 

"Olhando para o segundo semestre, a Samsung espera incertezas persistentes no negócio de memória, embora a demanda esteja crescendo ainda mais com forte sazonalidade e adoção de produtos de alta densidade. Para os semicondutores de sistema, espera-se também uma maior demanda em APs móveis, sensores de imagem e CIs de driver de exibição (DDIs)." - Comunicado de imprensa Samsung 

A Samsung adimite que o investimento em grandes telas não teve o retorno esperado e vai focar em trazer para mais mercados os dispositivos intermediários, com bons recursos, como o Galaxy A70. A empresa promete tornar a linha Galaxy A mais competitiva, com mais investimento de vendas para o segundo semestre de 2019.

A empresa também fala que está avançando no desenvolvimento da tecnologia 5G e pretende fazer "uma expansão global". Além disso, também está investindo em semicondutores de sistema, inteligência artificial e componentes automotivos, para o desenvolvimento a longo prazo.

26/07/2019 às 17:34
Notícia

Veja todas as mudanças no design do Samsung Galaxy Fold que s...

A empresa afirma ter corrigido os problemas estruturais apontados pelos primeiros usuários 

A Samsung ainda tem o anúncio da linha Galaxy Note 10, além do Galaxy Fold, que teve seu lançamento adiado em muitos meses, mas parece estar pronto para o mercado.

Via: Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Samsung Galaxy Note 10 e A90 agoram suportam Google ARCore

Samsung Galaxy Note 10 e A90 agoram suportam Google ARCore

Ferramenta traz interação em realidade aumentada para smartphones compatíveis


Samsung anuncia parceria com a SK Telecom para criar TV 8K com conectividade 5G

Samsung anuncia parceria com a SK Telecom para criar TV 8K com conectividade 5G

As empresas também vão trabalhar juntas em um modelo de negócios B2B para escritórios inteligentes


Primeira loja física da Aliexpress é inaugurada no Brasil

Primeira loja física da Aliexpress é inaugurada no Brasil

O negócio segue o modelo "pop-up" e funcionará por 30 dias em Curitiba


Samsung Galaxy Fold volta às lojas com design reforçado e conectividade 5G

Samsung Galaxy Fold volta às lojas com design reforçado e conectividade 5G

A fabricante promete que os problemas de design do modelo original foram corrigidos


Huawei acusa governo dos EUA de ciberataques e assédio a funcionários

Huawei acusa governo dos EUA de ciberataques e assédio a funcionários

A empresa divulgou um extenso comunicado em que rebate acusações de roubo e espionagem