Alibaba lança seu primeiro chip de inteligência artificial, o Xuantie 910
Créditos: China Daily

Alibaba lança seu primeiro chip de inteligência artificial, o Xuantie 910

Novidade chega como um respiro para a China durante a guerra comercial com Estados Unidos

A gigante do e-commerce Alibaba anunciou recentemente seu primeiro chip de inteligência artificial, chamado de Xuantie 910. Desenvolvido pela divisão de semicondutores da empresa, a Pingtouge, o produto conta com 16 núcleos e é voltado para aplicações como computação de alto desempenho e carros autônomos.

A tecnologia é feita com base na arquitetura de código aberto RISC-V. Ou seja, a criação do chip não dependeu de empresas como a estadunidense Qualcomm e a britânica ARM, que recentemente deixaram a Huawei na mão após uma proibição de negócios imposta pelos Estados Unidos.


Imagem: Onties/Reprodução

A Alibaba disse que vai licenciar o uso de sua propriedade intelectual para outras fabricantes e também vai liberar parte do código de seu produto no repositório GitHub. O objetivo da empresa é estimular o desenvolvimento de tecnologias do tipo no país.

22/05/2019 às 18:10
Vídeo

Huawei: entenda a polêmica envolvendo a fabricante chinesa e ...

Explicamos os motivos e como vai ficar o futuro da empresa após o decreto de Donald Trump

Segundo ressalta a Reuters, o novo chip da Alibaba serve para trazer mais independência às companhias chinesas de tecnologias vindas do ocidente. "As empresas chinesas que adotam o RISC-V não precisam depender de fornecedores como ARM ou Intel", disse Stewart Randall, que acompanha o setor de semicondutores da China na consultoria Intralink. "Não há ameaça alguma deles perderem acesso a uma parte importante deste design."

Esta não é a primeira investida recente vinda da China para tornar o mercado local mais independente no ramo da tecnologia. Recentemente, o país também lançou a bolsa de valores STAR, um mercado que segue regras mais abertas, similar aos padrões da NASDAQ, e que visa facilitar a abertura de capital de empresas de tecnologia chinesas. Em seu dia de estreia, a iniciativa arrecadou US$ 5,4 bilhões para 25 startups, com as ações chegando a valorizar 520%.

Via: Yahoo/Reuters
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.