Facebook vai pagar US$5 bilhões para encerrar investigação sobre o caso Cambridge Analytica
Créditos: ITMidia

Facebook vai pagar US$5 bilhões para encerrar investigação sobre o caso Cambridge Analytica

Essa é a maior multa já aplicada pela FTC em toda a sua história

O Facebook fechou um acordo de US$5 bilhões para encerrar as investigações sobre o vazamento de dados do caso Cambridge Analytica. A Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (Federal Trade Commission ou apenas FTC) já havia aprovado a negociação no dia 12 de julho, mas fez o anúncio oficial hoje, dia 24. 

04/04/2018 às 18:35
Notícia

Facebook revela que escândalo da Cambridge Analytica atingiu ...

Empresa de comunicação usou dados de forma indevida durante eleições dos Estados Unidos

A investigação iniciou em março de 2018. A votação decisiva acabou com três votos a dois. Segundo a FTC, esta é a maior multa já acordada pela comissão em um caso envolvendo privacidade em toda a sua história. Também é a maior ação contra o Facebook até o momento.

Além da multa bilionária, a organização de Zuckerberg também criará uma Comissão de Privacidade como parte do acordo. O objetivo dela será assegurar a cada três meses que as informações dos usuários estão devidamente protegidas. Caso hajam declarações falsas, ela poderá ser penalizada.

Segundo o The Washington Post, a rede social teria enganado e privado cerca de 30 milhões de usuários de informações suficientes sobre a utilização de seus dados e sobre um recurso de reconhecimento facial. A reportagem diz que o Facebook não precisará admitir qualquer tipo de culpa e que o acordo deverá ser aprovado por um juiz federal.

Securities and Exchange Commission (SEC)

Em paralelo aos US$ 5 bilhões, a Securities and Exchange Commission (SEC), reguladora do mercado de capital estadunidense, também anunciou um acordo com o Facebook por "falhas na divulgação sobre os riscos envolvendo suas práticas de privacidade". O motivo alegado é que a gigante não deixou seus investidores cientes de que desenvolvedores de programas e terceiros poderiam ter obtido dados sem permição ou ainda violando as suas políticas de privacidade. Isso pode custar algo superior a US$ 100 milhões.

 

Privacidade na internet

24/07/2019 às 10:34
Notícia

EUA inicia nova investigação comercial mirando empresas como ...

O Departamento de Justiça quer saber se a dominância das companhias está atrapalhando o mercado

Toda essa situação faz parte do contexto de preocupação crescente do governo dos EUA em relação a privacidade das pessoas na internet. As autoridades de Washington estão se esforçando para aprovar leis de proteção antes do período eleitoral de 2020. Ontem, dia 23, por exemplo, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos  abriu uma grande investigação antitruste para verificar as práticas competitivas dos grandes nomes da tecnologia e assegurar que não estão sufocando a concorrência ilegalmente.

Via: O Globo (1), (2), (3)
Exploit no iOS 13 permite ver os contatos do iPhone mesmo com o aparelho bloqueado

Exploit no iOS 13 permite ver os contatos do iPhone mesmo com o aparelho bloqueado

Nova versão do sistema só chega no dia 19 de setembro e já encontraram falhas


Posts privados no Instagram podem ser acessados através do código HTML

Posts privados no Instagram podem ser acessados através do código HTML

Truque também funciona com o Stories do Instagram e até mesmo com o Facebook


Vírus

Vírus "Coringa" infecta milhares de smartphones através da Play Store

Confira a lista com os principais aplicativos que liberam acesso ao malware


Dating: Tinder do Facebook agora tem integração com o Instagram

Dating: Tinder do Facebook agora tem integração com o Instagram

Aplicativo de paquera chegou nos Estados Unidos apenas agora


Facebook estuda remover contador de likes da rede social

Facebook estuda remover contador de likes da rede social

Empresa já estaria testando essa possibilidade