EUA inicia nova investigação comercial mirando empresas como Google e Facebook
Créditos: Firstspot

EUA inicia nova investigação comercial mirando empresas como Google e Facebook

O Departamento de Justiça quer saber se a dominância das companhias está atrapalhando o mercado

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou uma nova investigação antitruste focada em grandes empresas de tecnologia do país. A iniciativa visa averiguar se a dominância de mercado de companhias como Google, Facebook e Amazon está tornando a competição injusta e atrapalhando o mercado.

A investigação é mais uma movida pelo governo dos Estados Unidos para garantir que não existem violações de conduta nas grandes firmas de tecnologia do país. Ainda este ano, o país também começou outro inquérito para verificar se Google e Apple estão cometendo certas irregularidades em sua atuação comercial.


Imagem: Gigazine/Reprodução

Segundo o Departamento de Justiça, o objetivo da nova investigação é averiguar preocupações de consumidores e negócios relacionados à buscas, redes sociais e serviços prestados por varejistas online. Ou seja, áreas de negócios que atingem diretamente a Google, Facebook e Amazon.

As investigações movidas pelo governo dos Estados Unidos mostram que a Europa deixou de ser a única a se preocupar com a dominância das big techs. No passado, as companhias de tecnologia que dominam o mercado já enfrentaram diversas investigações, multas e proibições no velho continente.

O trabalho do Departamento de Justiça pode levar os negócios a também serem multados e forçados a mudarem certas práticas empresariais dentro de casa, caso sejam encontradas irregularidades.

Via: Neowin, The Verge
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.