Xiaomi pode abandonar marca Poco em favor da série Redmi K
Créditos: ZDNet

Xiaomi pode abandonar marca Poco em favor da série Redmi K

Modelos competem pelo mesmo mercado e analistas preveem que Redmi vai ser favorecida

A Xiaomi conseguiu se colocar num nicho diferenciado no mercado de smartphones com o lançamento do Pocophone F1, que marcou também a estreia de sua marca subsidiária Poco. Os aparelhos tentam oferecer os processadores Snapdragon mais potentes enquanto "enxugam" os custos em outros recursos, para entregar muita performance por um preço baixo. E é exatamente isso que a Redmi, outra subsidiária da Xiaomi, começou a fazer também com sua linha K de celulares. E essa "sobreposição" de mercados pode resultar no fim da marca Poco, segundo analistas.

"A Poco foi lançada para entregar poucas especificações escolhidas high-end, com preços de intermediário, com claros comprometimentos na linguagem do design. A marca foi lançada como uma opção de upgrade para a grande base da Xiaomi sem precisar pagar a quantia necessária por um celular topo de linha. O feedback foi misturado, na verdade.
Mas agora com os preços agressivos da série K pela Xiaomi com suas especificações completamente de topo de linha, hardware e design, a razão para a existência da Poco como marca fica em dúvida.
"
Navkendar Singh, diretor de pesquisa do IDC na Índia

25/03/2019 às 18:44
Vídeo

Snapdragon 845 pelo preço mais baixo possível? Veja nossa aná...

Aparelho tem como grande destaque trazer um chip poderoso por um preço bem abaixo dos rivais,

A Índia é um dos mais importantes mercados para a Xiaomi neste segmento específico. A fala do analista Singh faz bastante sentido quando levamos em conta que faz tempo que a empresa não faz nenhum anúncio ou divulgação com o nome Poco, enquanto a Redmi segue operando a todo vapor. Além disso, o nome Redmi é bem mais conhecido mundialmente, porque antes de se tornar uma subsidiária, a marca era uma linha de aparelhos de entrada e intermediários dentro da Xiaomi, o que consolidou sua fama.

A Xiaomi não confirma oficialmente que tenha qualquer plano de encerrar sua marca Poco. A empresa chegou inclusive a desmentir isso em outra ocasião, quando Jai Mani, ex-líder da marca, anunciou sua saída da companhia na semana passada. Especulações de que a Poco seria encerrada ficaram ainda mais fortes, mas a Xiaomi ainda nega qualquer plano neste sentido.

Fonte: GizmoChina
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Fortnite vai ganhar skin de Deadpool no Capítulo 2 da Temporada 2

Fortnite vai ganhar skin de Deadpool no Capítulo 2 da Temporada 2

Descubra como completar os primeiros desafios para consegui-la


Celular lançado no Japão não deixa tirar fotos de nudes

Celular lançado no Japão não deixa tirar fotos de nudes

Celular Tone e20 usa inteligência artificial para bloquear este tipo de imagem


Coronavírus teria feito Apple mover produção do iPad e Apple Watch para fora da China

Coronavírus teria feito Apple mover produção do iPad e Apple Watch para fora da China

Dona dos iPhones estaria fabricando produtos em Taiwan por causa de limitações relacionadas ao COVID-19


Novos filtros de AR do Snapchat transformam o chão em lava

Novos filtros de AR do Snapchat transformam o chão em lava

Opções inéditas do aplicativo transformam o chão, podendo também deixá-lo molhado


Samsung marca evento de lançamento do Galaxy S20 e Z Flip no Brasil

Samsung marca evento de lançamento do Galaxy S20 e Z Flip no Brasil

Novos celulares chegam ao nosso país em 11 de março