Google compara Stadia Pro com PS Plus e Xbox Live Gold:
Créditos: Windows Central

Google compara Stadia Pro com PS Plus e Xbox Live Gold: "Não é um Netflix de games"

Usuários terão que comprar games, mas assinatura terá jogos gratuitos e recursos extras

Por ser um serviço de streaming de games, o Google Stadia constantemente é comparado à plataformas como a Netflix, mas isso não faz sentido, de acordo com o diretor de produto Andrey Doronichev. Durante uma sessão de perguntas e respostas no Reddit, o executivo disse que o funcionamento do serviço é similar ao PS Plus e Xbox Live Gold, presentes em consoles da Sony e Microsoft.

O Stadia Pro, que chega ainda este ano, dará ao usuário a possibilidade de transmistir jogos em resolução 4K, com tecnologia HDR, som 5.1, descontos exclusivos e jogos gratuitos. De acordo com Doronichev, os usuários ganharão pelo menos um jogo por mês, que pode ser acessado enquanto a assinatura estiver ativa. 

"Para deixar claro, Stadia Pro não é Netflix para os Games" - Andrey Doronichev

Assim como no PS Plus e Xbox Live Gold, o usuário perderá o acesso aos games recebidos pelo programa ao parar de pagar a mensalidade de US$ 9,99, e também deixará de ganhar os jogos gratuitos enquanto não voltar a assinar. 


Imagem: Google

A versão aberta do Stadia, chamada de Base, será lançada no ano que vem com suporte para streaming em 1080p e som Stereo, mas sem jogos gratuitos. Ou seja, de forma bem básica e resumida, a plataforma do Google é equivalente a um console: você poderá comprar os jogos individualmente e também assinar um programa de fidelidade com recursos extras e games gratuitos.

Vale notar, também, que os usuários dos Estados Unidos e países da Europa também poderão sincronizar a assinatura do serviço UPlay Plus, da Ubisoft, com o Stadia. Com isso, basta ter uma mensalidade ativa da desenvolvedora francesa para conseguir mais de 100 jogos para rodar na plataforma da Google. 

Ceticismo com a nuvem

Enquanto o Stadia traz vantagens como poder rodar jogos pesados em computadores de entrada, notebooks e até celulares, Andrey Doronichev disse que o serviço pode enfrentar ceticismo no início, já que os jogos não são vendidos de forma física, mas diretamente na nuvem. 

09/07/2019 às 11:07
Notícia

Google revela informações do Stadia, incluindo suporte para s...

Novidades foram apresentadas na página de perguntas frequentes do serviço de streaming de games

O executivo aponta que esse é um processo natural e que também aconteceu com fotos, vídeos e músicas. "Eventualmente todos os nossos jogos estarão em segurança na nuvem também e nos sentiremos bem com isso. Estamos investindo uma tonelada em tecnologia, infraestrutura e parcerias nos últimos anos", explicou Doronichev.

Continua após a publicidade

Segundo o executivo, todos os jogos comprados no Stadia são "seus para jogar" e contam com suporte desde o dia do lançamento. A empresa também garante que está comprometida a fazer a plataforma funcionar. "Não há nada que eu possa dizer se você não acredita. Mas o que podemos fazer é lançar o serviço e continuar investindo nos anos que seguirem".

Via: PC Gamer
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.