FaceApp já foi baixado por mais de 150 milhões de usuários - e possui os dados de todos eles
Créditos: El País

FaceApp já foi baixado por mais de 150 milhões de usuários - e possui os dados de todos eles

O app viral se tornou o mais bem classificado da App Store em 121 países

O FaceApp, aplicativo de edição e transformação facial, viralizou recentemente por permitir que as pessoas experimentem um pouco da sua velhice com apenas uma foto. O que muitos não perceberam é que o app passou a ganhar direito a um grande volume dados com isso. E a soma de usuários nesse servidor está crescendo.

17/07/2019 às 09:25
Notícia

FaceApp, aplicativo que te deixa idoso, coleta muitos dados d...

O termo de uso diz que as informações podem ser compartilhadas com "parceiros de negócio"

De acordo com a App Annie, o FaceApp é agora o aplicativo mais bem classificado na App Store do sistema iOS em 121 países. Mais de 100 milhões de pessoas já fizeram o download pela Google Play e, segundo  a Forbes, o app já é dono de mais de 150 milhões de nomes e rostos.

E por que isso acontece? Porque muita gente não lê os Termos de Uso. Quando a pessoa baixa o aplicativo e aceita os termos, ele ainda possui seu "conteúdo de usuário", mas dá uma licença irrevogável e interminável sem royalties para a Wireless Labs, empresa russa que desenvolveu o FaceApp. Ou seja, ela pode usar seus dados quando quiser e para o que quiser, além de ter direito de enviá-los para "parceiros de negócio". Abaixo seguem algumas das informações que o app recolhe:

  • Adds-on  instalados;
  • Endereço de IP;
  • Histórico de navegação;
  • Identificador de dispositivo;
  • Links que o usuário clica;
  • Localização atual;
  • Número de cliques em cada página da web;
  • Páginas visitadas;
  • Quais emails publicitários os usuários abrem; e
  • Qual navegador o usuário mais utiliza.


Além de outras informações de navegação não esclarecidas. 

"Para que o FaceApp funcione, você precisa dar permissão para ele acessar suas fotos - TODAS elas. Mas também ganha acesso à Siri e às Buscas .... Ah, e ele pode atualizar em segundo plano - então, mesmo quando você não está usando, ele está usando você."

- Rob La Gesse, ex-gerente da Rackspace, empresa de computação em nuvem.

De acordo com os próprios Termos de Uso do FaceApp, essa coleta de dados serve para melhorar a experiência dentro do aplicativo. No entanto, também afirmam que esses dados podem ser utilizados para outros fins.

"[...] não pode garantir a segurança das informações que você transmite ao FaceApp ou garantir que essas informações no serviço não possam ser acessadas, abertas, alteradas ou destruídas" 

- Termos de Uso do FaceApp

Representantes da Wireless Labs disseram que a maioria das imagens é deletada depois de 48 horas que a pessoa a utilizou no aplicativo. O presidente da empresa, Yaroslav Goncharov, também afirmou que as fotos não são utilizadas para treinar Inteligência Artifical ou "compartilhadas com qualquer governo". Apesar disso, o Federal Bureau of Investigation (FBI) pode abrir um processo de investigação para descobrir se o governo russo está coletando os rostos dos estadunidenses.

Via: Forbes
Análise: um dos MELHORES DO ANO! O excelente XIAOMI MI 9T (Redmi K20)

Análise: um dos MELHORES DO ANO! O excelente XIAOMI MI 9T (Redmi K20)

Aparelho acerta em design, performance, funcionalidades e emenda com um ótimo conjunto de câmeras


Usuário do Google Earth encontra sem querer corpo de desaparecido há mais de 20 anos

Usuário do Google Earth encontra sem querer corpo de desaparecido há mais de 20 anos

A imagem de um carro submerso num lago da Flórida resolveu um mistério de 1997


Exploit no iOS 13 permite ver os contatos do iPhone mesmo com o aparelho bloqueado

Exploit no iOS 13 permite ver os contatos do iPhone mesmo com o aparelho bloqueado

Nova versão do sistema só chega no dia 19 de setembro e já encontraram falhas


Qualcomm e Ericsson trabalham na comercialização 5G em modo autônomo

Qualcomm e Ericsson trabalham na comercialização 5G em modo autônomo

Empresas querem conduzir uma transição para o 5G autônomo a partir de 2020


Telegram zoa Whatsapp por anunciar novo limite de 100MB para anexos

Telegram zoa Whatsapp por anunciar novo limite de 100MB para anexos

Concorrente permite arquivos de até 1.5GB