Nada de notch: Google Pixel 4 deve trazer borda larga e mais sensores
Créditos: OnLeaks

Nada de notch: Google Pixel 4 deve trazer borda larga e mais sensores

Vazamento indica que o aparelho pode chegar com o aguardado Projeto Soli

Segundo um conjunto de imagens vazadas no Twitter, o Google Pixel 4 e o Pixel 4 XL podem chegar deixando de lado uma das principais tendências do mercado mobile: o entalhe na tela. Segundo as informações trazidas pelo perfil Ice Universe, que costuma vazar informações de smartphones antes do lançamento, os novos dispositivos da Google trarão uma borda mais larga na parte superior da tela.

O motivo para ir contra a corrente seria a grande quantidade de sensores que deve estar presente nos smartphones. Uma imagem de protetores de tela supostamente feitos para os novos Pixel mostra que os aparelhos contarão com espaço para múltiplas câmeras na frente, alto-falante e mais três outros sensores.

Após a divulgação dos vazamentos, que batem com outras informações vazadas anteriormente sobre os smartphones, perfis especializados em vazamentos como o OnLeaks publicaram renderizações baseadas nos novos indícios. As imagens também exibem o conjunto de múltiplas câmeras traseiras que devem aparecer nos smartphones.


Imagem: OnLeaks/Reprodução

Apesar de ser um movimento estranho, a ausência do notch nos novos Pixel pode ter uma bora explicação. Ao que tudo indica, a decisão de adotar uma tela menor do que o convencional, trazendo até um aproveitamento inferior ao presente no modelo anterior da linha, está ligada à chegada de uma nova tecnologia da Google. 

Projeto Soli está de volta?

De acordo com informações do The Verge, a Google finalmente deve lançar com o Pixel 4 a tecnologia do Projeto Soli. Anunciada originalmente na Google I/O de 2015, a tecnologia recebeu aprovação da Comissão Federal de Comunicações (FCC) neste ano e deve começar a aparecer em produtos da gigante da tecnologia.

O Projeto Soli permite que o usuário utilize funções de eletrônicos por meio de gestos. No caso do Pixel 4 e do Pixel 4 XL, a tecnologia pode ser utilizada para que o usuário consiga controlar os smartphones sem precisar tocar na tela. 

20/07/2019 às 09:11
Notícia

Novo vazamento de renderização revela detalhes do Google Pixe...

Imagens confirmam bordas mais finas e configuração de câmera frontal dupla 

Os celulares da Google também podem ser a porta de entrada para a tecnologia chegar em outros eletrônicos, incluindo vestíveis até dispositivos voltados para internet das coisas, que deve ser acelerada com o 5G. Como muitos aparelhos de IoT não contam com telas, a novidade pode ser muito útil para melhorar a usabilidade de produtos conectados.

Enquanto boa parte do potencial do Projeto Soli ainda é conceitual, tudo que nos resta é esperar até a chegada do Pixel 4 e o Pixel 4 XL, que devem ser lançados em outubro deste ano.

Via: The Verge
Ministério da Justiça investiga Tim por vazamento de dados de clientes

Ministério da Justiça investiga Tim por vazamento de dados de clientes

Operadora pode ser multada em até R$ 10 milhões por causa do incidente


Xiaomi Brasil já está vendendo o Mi A3 pela sua loja online por a partir de R$2.023

Xiaomi Brasil já está vendendo o Mi A3 pela sua loja online por a partir de R$2.023

O smartphone está disponível em 4GB de RAM e 64GB ou 128GB de armazenamento interno


Google vai lançar ferramenta de controle de dados em Android TVs

Google vai lançar ferramenta de controle de dados em Android TVs

Nova função vai chegar primeiro para usuários da Índia


Honor Play 3e é lançado discretamente na China

Honor Play 3e é lançado discretamente na China

Celular é uma versão mais modesta do Honor Play 3, lançado no início do mês


Huawei Mate 30 Pro pode ter gravação a 7680 quadros por segundo

Huawei Mate 30 Pro pode ter gravação a 7680 quadros por segundo

A fabricante pode usar técnicas de interpolação para atingir o resultado surpreendente