Elon Musk diz que testes do chip cerebral em humanos deve começar no próximo ano
Créditos: DigitalTrends

Elon Musk diz que testes do chip cerebral em humanos deve começar no próximo ano

A tecnologia está sendo desenvolvida por uma startup financiada pelo CEO da Tesla

Elon Musk anunciou recentemente que está trabalhando em um chip cerebral que tem a intenção de ser ser instalado em humanos, que está sendo trabalhado pela startup Neuralink, financiada por Musk. A última novidade sobre o assunto é que o CEO da Tesla pretende começar os testes em humanos antes do imaginado, ele afirmou que espera que os experimentos em pacientes vivos comecem no próximo ano, em 2020.

25/04/2019 às 14:41
Artigo

Além da Tesla: Conheça as outras empresas de Elon Musk

Bilionário excêntrico diz passar 90% de seu tempo trabalhando na SpaceX e Tesla

O Neuralink é descrito por Musk como: "uma espécie de simbiose com a inteligência artificial". O objetivo é que o chip funcione como uma ponte entre a inteligência humana e artificial, fazendo com que as duas funcionem juntas e produzam benefícios múltiplos para a qualidade de vida humana, como por exemplo em situações médicas.

Os pesquisadores contratados para desenvolver o projeto já conseguiram fazer um protótipo que está sendo testado em ratos de laboratório. Os resultados, até o momento, parecem promissores. Os ratos que foram usados como cobaias para o projeto demonstraram resultados considerados "excepcionais" para a transferência de dados. Para que as informações fossem extraídas, os cientistas recolheram os dados capturados com uma porta USB-C localizada na cabeça do rato. Os resultados foram 10x melhores, comparado com outros bons sensores correntes.

O objetivo do projeto a longo prazo é que os eletrodos que fiquem implantados na cabeça da pessoa, consigam se comunicar com chips fora do cérebro, sem a necessidades de transmissão de dados por cabos. Uma das utilidades disso seria para comunicação com uma prótese de uma pessoa que teve algum membro do seu corpo amputado, a comunicação poderia ser feita de forma quase que natural.

A imagem acima mostra onde o chip ficaria alocado em uma pessoa e como seria a troca de informações artificiais e neurais de fato. A parte apontada com uma seta seria a responsável pela comunicação com outros equipamentos sem fio, usando a parte que fica localizada abaixo da orelha, e que ficaria para fora do corpo. As possíveis trocas de informações são muito amplas e os pesquisadores não delimitam as possibilidades que essa tecnologia pretende trazer.

09/07/2019 às 09:54
Notícia

Elon Musk diz que atualização de chips da Tesla deve acontece...

É estimado que cerca de 500.000 carros sejam compatíveis com o upgrade de chips autônomos

Apesar de que Musk pretende começar os testes com seres humanos no próximo ano, ele afirma que esse dispositivo está nas fases primárias de desenvolvimento e ainda vai levar muito tempo para ser comercializado. Para ver o vídeo de apresentação de Musk, no evento de apresentação da Neurolink, acesse esse link.

Via: TweakTown
User img

Ana Luiza Pedroso

Vice-presidente da Oppo diz que a empresa desenvolverá seus próprios chips

Vice-presidente da Oppo diz que a empresa desenvolverá seus próprios chips

Empresa registrou a marca “OPPO M1” em novembro deste ano.


Xiaomi vende mais Smart TVs que LG, Sony e Samsung na Índia

Xiaomi vende mais Smart TVs que LG, Sony e Samsung na Índia

Empresa tem 33% do mercado e segue fazendo investimentos


General Motors e LG firmam acordo para fabricação de baterias para carros elétricos

General Motors e LG firmam acordo para fabricação de baterias para carros elétricos

Juntas, as empresas farão investimento de até US$ 2,3 bilhões


Máquina feita de Lego usa Inteligência Artificial para organizar outras peças

Máquina feita de Lego usa Inteligência Artificial para organizar outras peças

Batizada como Universal Lego Sorting Machine, a máquina foi construída com 10.000 peças de Lego


SpaceX estuda revestir satélites Starlink para não atrapalhar a astronomia

SpaceX estuda revestir satélites Starlink para não atrapalhar a astronomia

Atualmente 120, empresa pretende lançar cerca de 42 mil satélites para fornecer internet