Samsung vai começar produção de memórias LPDDR5 de 12 GB neste mês
Créditos: Samsung

Samsung vai começar produção de memórias LPDDR5 de 12 GB neste mês

Chips de 12-gigabit permitirão criar módulos com transferência de até 44 GB/s e melhor desempenho em IA e 5G

A Samsung anunciou o início da produção em massa dos suas novas memórias DRAM LPDDR5 para smartphones com 12-gigabit (Gb), e em breve começará a fazer módulos com 12 GB com a tecnologia. Segundo a empresa, os chips são os primeiros no mercado desse tipo e trazem otimizações para duas grandes tendências no mundo mobile: inteligência artificial e 5G.

Os novos chips contam com velocidade de 5.500 megabits por segundo, sendo cerca de 1,3 vezes mais rápidos que a geração anterior (LPDDR4X), que conta com 4266 Mb/s e equipa smartphones de alto desempenho disponíveis no mercado atualmente.

Os chips são feitos com o processo de fabricação de 10 nanômetros, arquitetura que também é utilizada nas memórias DRAM LPDDR4X. No começo do ano, a companhia iniciou a fabricação em massa de módulos de 12 GB no formato, que são voltados para smartphones premium. No mês passado, a firma também começou a desenvolver pacotes de 6 GB de DRAM com 12-gigabit LPDDR5. Agora, chegou a hora de dar mais um passo.


Evolução dos produtos da Samsung no setor de memória DRAM para smartphones. Imagem: Tech Power Up/Reprodução

Com a chegada dos novos chips LPDDR5 de 12-gigabit, a Samsung também planeja começar a produção em massa de kits de memória RAM de 12 GB no novo padrão ainda este mês. Com isso, a companhia pretende acompanhar o crescimento do 5G e IA nos smartphones, além de oferecer mais quantidade de RAM para as fabricantes, que não estão economizando na hora de equipar seus produtos de alto desempenho.

De acordo com o Engadget, os pacotes de 12 GB de RAM LPDDR5 contarão com oito chips de 12-gigabit, o que garantirá transferências de até 44 GB por segundo, segundo informações vindas da Samsung. Além da alta velocidade, a nova tecnologia possui melhor autonomia e tem consumo de energia até 30% menor em comparação ao padrão anterior. O que isso significa? Smartphones mais rápidos e que consomem menos bateria.

O grande investimento no segmento de memórias pode ajudar a companhia a ganhar tração no mercado, já que os lucros da firma no último trimestre caíram 56% em relação ao mesmo período do ano anterior. Além de ser a marca que mais vende smartphones do mundo, a Samsung tem como principal fonte de lucro a venda de componentes para suas rivais, e como o mercado mobile está retraindo mundialmente, isso acaba atrapalhando os negócios da fabricante sul-coreana.

Isso não quer dizer, porém, que a marca vai parar de investir em inovação. Após a chegada do lineup de memórias de 12-gigabit LPDDR5 para smartphones, a companhia pretende focar no desenvolvimento de chips com 16-gigabit, que devem chegar ao mercado no ano que vem.

Via: Engadget, Tech Power Up
Sistema de transporte Air Drones promete diminuir em até 25% emissões de CO2

Sistema de transporte Air Drones promete diminuir em até 25% emissões de CO2

Indra criou software de gestão de tráfego aéreo não tripulado em baixas altitudes


Samsung cortará produção de telas LCD para focar no desenvolvimento dos displays QD-OLED

Samsung cortará produção de telas LCD para focar no desenvolvimento dos displays QD-OLED

Segundo o CEO da Samsung Display, Lee Dong-hoon, a empresa deverá lançar em breve seus primeiros dispositivos com esse novo tipo de painel


GeForce Now, plataforma de streaming de games da Nvidia, vai chegar aos celulares Android

GeForce Now, plataforma de streaming de games da Nvidia, vai chegar aos celulares Android

A expansão vai acontecer até o final do ano e contará com aparelhos high-end da Samsung e LG


Golpe que clona contas de WhatsApp já atingiu cerca de 8,5 milhões de brasileiros

Golpe que clona contas de WhatsApp já atingiu cerca de 8,5 milhões de brasileiros

Os danos vão desde vazamento de conversas privadas até pedidos de depósitos bancários


Xiaomi Mi 9T Pro é lançado com Snapdragon 855 a partir de $399 euros

Xiaomi Mi 9T Pro é lançado com Snapdragon 855 a partir de $399 euros

O aparelho já pode ser encontrado na França, Alemanha, Espanha e Polônia