FaceApp, aplicativo que te deixa idoso, coleta muitos dados dos smartphones dos usuários
Créditos: FaceApp Google Play

FaceApp, aplicativo que te deixa idoso, coleta muitos dados dos smartphones dos usuários

O termo de uso diz que as informações podem ser compartilhadas com "parceiros de negócio"

Recentemente o aplicativo FaceApp ficou muito popular entre os usuários das redes sociais por simular a sua aparência quando ficar idoso. O problema é que os desenvolvedores estão fazendo coleta excessiva de dados do usuário, que podem ser compartilhadas com "parceiros de negócio", além de armazenar as fotos em servidor próprio.

Site oficial FaceApp

17/01/2019 às 14:07
Notícia

Desafio de 10 anos de Facebook e Instagram pode trazer riscos...

Especialistas apontam que meme pode ser usado para mineração de dados de reconhecimento facial

Segundo o site português 4GNews, quando se aceita os termos de uso do app, você concorda em entregar para os desenvolvedores uma série de dados do seu smartphone, que vão desde seu histórico de navegação na web até em que site costuma acessar e quais anúncios mais te interessam. Assim como o desafio dos 10 anos que aconteceu meses atrás, essa brincadeira também pode se tornar insegura para os usuários. O site fez uma lista de quais dados eles têm acesso, veja abaixo:

Política de privacidade FaceApp

- Histórico de navegação
- Add-ons que tenhas instalado no browser
- "Outras informações de navegação" (não são especificadas quais tipos são)
- Endereço de IP
- Tipo de navegador (qual o navegador que o usuário tem mais costume de usar)
- Páginas visitadas na web
- Número de cliques em cada página web
- Links que o usuário clica
- Quais emails publicitários os usuários abrem (segmento de mercado, etc)
- Quais links dos emails os usuários clicam para serem redirecionados
- Identificador de dispositivo (para saber qual o equipamento está sendo utilizado)
- Localização atual 

Eles informam ainda que os seus dados podem ser enviados para "parceiros de negócio", mas não dizem quais são e nem o motivo pelo qual as informações coletadas vão ser utilizadas. As fotos que são usadas como teste para fazer a brincadeira de modificação da idade são enviadas para os servidores próprios do aplicativo. Nos termos de condição de uso o FaceApp informa que reune os dados coletados para melhorar o serviço e deixar a qualidade das suas simulações nas fotos melhores.

Continua após a publicidade

16/07/2019 às 15:39
Notícia

Bug no Instagram permitia burlar autenticação de 2 fatores e ...

Pesquisador independente que descobriu a falha ganhou prêmio de R$ 112 mil

Esse não é o único aplicativo que tem acesso a uma quantidade muito grande do fluxo de informações que são armazenadas nos smartphones das pessoas. Redes sociais como Facebook e Instagram também conseguem armazenar os dados dos usuários em servidores próprios e a rede social de Zuckerberg já se envolveu com venda de dados de milhões de usuários na última eleição presidencial dos Estados Unidos.

Via: 4gnews
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.