Analista prevê Huawei vendendo 260 milhões de celulares em 2019, ultrapassando expectativas
Créditos: TechSpot

Analista prevê Huawei vendendo 260 milhões de celulares em 2019, ultrapassando expectativas

Projeção anterior era de enviar 250 milhões de smartphones este ano, mas empresa pode se sair melhor

A Huawei pode acabar distribuindo um total de 260 milhões de unidades de seus smartphones ao redor do mundo neste ano. A previsão vem de um analista econômico, diretamente da China, chamado Guo Minghao.

Se a previsão de Minghao se provar verdadeira, a Huawei vai acabar ultrapassando as expectativas anteriores, já que outras análises tinham a projeção da empresa distribuir até 250 milhões de unidades de seus aparelhos até o final de 2019. Um excedente de 10 milhões de celulares na perspectiva inicial do mercado certamente vai impactar muito positivamente em suas a ações, especialmente levando-se em conta que este ano foi especialmente complicado para a companhia, devido aos atritos econômicos entre os governos da China e Estados Unidos.

Segundo o analista, a Huawei está tendo vendas tão aquecidas devido ao seu sucesso na China, que é conhecido até para pessoas fora do ramo das análises econômicas. Ele cita também outros mercados em que a companhia estaria se destacando, mas não entra em detalhes de quais. O Brasil conta como uma recente e importante expansão para a Huawei tentando emplacar novos usuários, mas, além de informações da própria empresa, não temos ainda análises de terceiros a respeito do impacto da chegada da companhia por aqui em seu sucesso no geral.

O principal mercado para a companhia continua sendo o de entrada e intermediário, onde seus aparelhos mais se destacam, assim como uma de suas principais adversárias, a Xiaomi.

15/07/2019 às 11:35
Notícia

Harmony OS aparece como mais um possível nome para o sistema ...

Empresa registrou o nome na Europa - sistema misterioso tem sido chamado de HongMeng OS

Atualmente a Huawei está com menos problemas para vender seus dispositivos em mercados fora da China, já que as restrições do governo dos EUA foram suspensas, mas a empresa está investindo também em medidas para contornar possíveis futuros problemas, como o desenvolvimento de um sistema operacional próprio, o HongMeng OS, que hoje mesmo ganhou um possível novo nome: Harmony OS. Se a Huawei conseguir se tornar cada vez mais independente, vai poder se mostrar uma verdadeira potência nos próximos anos.

Fonte: GSMArena
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.