YouTube agora possui suporte a níveis de assinatura e stickers pagos
Créditos: Googleblog

YouTube agora possui suporte a níveis de assinatura e stickers pagos

Novidades devem ajudar na renda dos criadores da conteúdo e ajudar na competição com o Twitch

A plataforma de vídeos YouTube ganhou suporte para recursos como diferentes níveis de inscrição em canais e stickers pagos para chats ao vivo. O objetivo das novas ferramentas é permitir que criadores de conteúdo ganhem mais dinheiro sem depender de serviços de terceiros.

29/06/2019 às 19:00
Notícia

Huawei confirma que Nova 5i, Honor 20 e 20 Pro terão certific...

Novos smartphones chineses poderão ter Play Store e apps da Google instalados de fábrica

A mecânica de stickers premium chega para expandir o conceito de Super Chats, que permitem que os usuários tenham sua contribuição exibida em destaque durante transmissões ao vivo. Para ativar o recurso, é preciso pagar uma pequena quantia de dinheiro para o canal. Agora, os usuários poderão comprar uma funcionalidade animada conhecida como "Super Sticker", que custa a partir de US$ 5 (R$ 19 em conversão direta).

De acordo com o site WCCF Tech, essas são figurinhas que têm as mesmas propriedades do Super Chat. Elas são separadas por diferentes idiomas e categorias, incluindo opções como jogos, beleza e moda, esportes, música e comida, entre outros.

Enquanto isso, as tiers de assinatura funcionam assim: os criadores de conteúdo podem criar até cinco opções de inscrições premium diferentes, com cada uma oferecendo bônus diferentes. Esses perks, como o YouTube está chamando, podem incluir coisas como conteúdo exclusivo ou brindes.

Outra funcionalidade que foi adicionada para o YouTube se chama "Learning Playlists" (Listas de Reprodução de Aprendizado, numa tradução livre). Essas playlists proporcionam um ambiente de aprendizado dedicado para quem busca aprender algo na plataforma. A ideia é fornecer uma maior estrutura, dividindo coletâneas de vídeos em capítulos que giram em torno de um conceito-chave, começando de tutoriais para iniciantes até vídeos mais avançados.

Essas páginas de reprodução fariam com que as recomendações ficassem escondidas, permitindo que o usuário foque apenas na lição atual. No momento, a equipe do YouTube está trabalhando em parceria com canais como Khan Academy, TED-Ed e Crash Course para testar a funcionalidade.

Via: Googleblog, WCCF Tech

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Primeiros computadores com conexão USB 4.0 devem chegar ainda neste ano

Primeiros computadores com conexão USB 4.0 devem chegar ainda neste ano

Tecnologia chegará junto com as placas-mãe com chipsets AMD de série 600


TikTok teve mais downloads que Facebook e Messenger em 2019

TikTok teve mais downloads que Facebook e Messenger em 2019

Mais do que 700 milhões de pessoas baixaram o app, de acordo com o site Sensor Tower


Pixel 4 XL e Redmi Note 7 são considerados os celulares mais frágeis de 2019

Pixel 4 XL e Redmi Note 7 são considerados os celulares mais frágeis de 2019

Ranking foi feito por JerryRigEverything, YouTuber que esta durabilidade dos dispositivos


CEO do Twitter afirma que plataforma nunca terá o desejado botão de editar tweets

CEO do Twitter afirma que plataforma nunca terá o desejado botão de editar tweets

Os responsáveis pela rede social querem manter a lógica de mensagem de texto tradicional


Google Play Store não mostrará mais notificações para aplicativos atualizados

Google Play Store não mostrará mais notificações para aplicativos atualizados

Mudança foi confirmada por um representante do Google