YouTube agora possui suporte a níveis de assinatura e stickers pagos
Créditos: Googleblog

YouTube agora possui suporte a níveis de assinatura e stickers pagos

Novidades devem ajudar na renda dos criadores da conteúdo e ajudar na competição com o Twitch

A plataforma de vídeos YouTube ganhou suporte para recursos como diferentes níveis de inscrição em canais e stickers pagos para chats ao vivo. O objetivo das novas ferramentas é permitir que criadores de conteúdo ganhem mais dinheiro sem depender de serviços de terceiros.

29/06/2019 às 19:00
Notícia

Huawei confirma que Nova 5i, Honor 20 e 20 Pro terão certific...

Novos smartphones chineses poderão ter Play Store e apps da Google instalados de fábrica

A mecânica de stickers premium chega para expandir o conceito de Super Chats, que permitem que os usuários tenham sua contribuição exibida em destaque durante transmissões ao vivo. Para ativar o recurso, é preciso pagar uma pequena quantia de dinheiro para o canal. Agora, os usuários poderão comprar uma funcionalidade animada conhecida como "Super Sticker", que custa a partir de US$ 5 (R$ 19 em conversão direta).

De acordo com o site WCCF Tech, essas são figurinhas que têm as mesmas propriedades do Super Chat. Elas são separadas por diferentes idiomas e categorias, incluindo opções como jogos, beleza e moda, esportes, música e comida, entre outros.

Enquanto isso, as tiers de assinatura funcionam assim: os criadores de conteúdo podem criar até cinco opções de inscrições premium diferentes, com cada uma oferecendo bônus diferentes. Esses perks, como o YouTube está chamando, podem incluir coisas como conteúdo exclusivo ou brindes.

Outra funcionalidade que foi adicionada para o YouTube se chama "Learning Playlists" (Listas de Reprodução de Aprendizado, numa tradução livre). Essas playlists proporcionam um ambiente de aprendizado dedicado para quem busca aprender algo na plataforma. A ideia é fornecer uma maior estrutura, dividindo coletâneas de vídeos em capítulos que giram em torno de um conceito-chave, começando de tutoriais para iniciantes até vídeos mais avançados.

Essas páginas de reprodução fariam com que as recomendações ficassem escondidas, permitindo que o usuário foque apenas na lição atual. No momento, a equipe do YouTube está trabalhando em parceria com canais como Khan Academy, TED-Ed e Crash Course para testar a funcionalidade.

Continua após a publicidade
Via: Googleblog, WCCF Tech
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.