Google possui funcionários que ouvem áudios de usuários e
Créditos: The Verge

Google possui funcionários que ouvem áudios de usuários e "traduzem" para Assistente

Segundo a empresa, 0,2% das perguntas para a Google Assistant são repassadas para pessoas reais

Quando você fala "Ok, Google" para o seu smartphone e pergunta algo para a Google Assistente, existe uma pequena chance de um funcionário da empresa ouvir o áudio gravado e todas as informações contidas nele.

Nesta semana, o site VRT News conseguiu acesso às gravações de pedidos feitos por usuários para a assistente do Android, que além de ficarem armazenados, também são, eventualmente, repassados para pessoas reais dentro da empresa. Os funcionários escutam as mensagens e "traduzem" as palavras para serem entendidas futuramente pelo algoritmo da Google Assistant.

A Google confirmou que esse procedimento realmente acontece com cerca de 0,2% das solicitações gravadas com os comandos "Hey, Google" e "Ok, Google". Além disso, a companhia ressaltou que os arquivos são enviadas para os funcionários que transcrevem as mensagens sem nenhum vínculo com a conta de origem, visando proteger a privacidade do usuário.


Google Home Mini, um dos aparelhos que pode receber comandos de voz. Imagem: Pocket-lint/Reprodução

De acordo com a Google, os especialistas responsáveis pela transcrição de áudios da Google Assistant são treinados para ouvir apenas os sons direcionados para o smartphone, sem prestar atenção em conversas paralelas, por exemplo.

Apesar disso, as informações reveladas pelo VRT News mostram que, de vez em quando, alguns detalhes áudios involuntários também são capturados pelo aparelho. "O VRT NWS ouviu mais de mil trechos, dos quais 153 foram conversas que nunca deveriam ter sido gravadas e durante as quais o comando "Ok Google" não foi claramente dado", explica a publicação.

Apesar de não serem vinculados com a conta do usuário, os áudios analisados pela Google podem conter nomes e endereços

Além disso, as fontes do site também apontam que as mensagens de áudio que são enviadas para transcrição podem conter detalhes como nomes e endereços, o que pode acabar revelando detalhes sobre a identidade da pessoa que enviou a pergunta para a Google Assistant.

Segundo especialistas em segurança online e privacidade, a prática também configura violações das leis de proteção de dados da União Europeia, que proíbem as empresas de acessarem detalhes como informações médicas (que podem aparecer nos áudios) e também coletar informações pessoais de usuários sem autorização. 

Além da Google, a Amazon também recebeu críticas nos últimos meses por enviar trechos de conversas gravadas pela Alexa para seus funcionários fazerem uma análise técnica do material. Ambas as companhias explicam a atitude dizendo que o processo de pessoas reais ouvirem os áudios servem para ajudar a aprimorar a IA de reconhecimento de voz, que não consegue decifrar certos dialetos e sotaques. 

22/06/2018 às 09:45
Notícia

Google Assistant não precisará que você repita "Ok Google" du...

A atualização permite conversas contínuas com a assistente da Google

Com as assistentes de voz se tornando cada vez mais comuns, a tendência é que práticas polêmicas do tipo se tornem mais comuns. Após a repercussão negativa do caso, a Google disse que pretende ser mais clara com seus usuários sobre o uso de informações. Ou seja, a tendência, no final das contas, é que as empresas apenas sejam mais transparentes, mas não parem de coletar dados para melhorar suas IAs.

Via: VRT News, Engadget, Wired, VRT News
Netflix começa a testar novo recurso que baixa conteúdo recomendado automaticamente

Netflix começa a testar novo recurso que baixa conteúdo recomendado automaticamente

"Downloads Para Você" pode ajudar usuários a não ficarem sem ter o que assistir


Huawei lança no Brasil serviço Huawei Assistant e plataforma Ability Gallery

Huawei lança no Brasil serviço Huawei Assistant e plataforma Ability Gallery

Novo recurso para desenvolvedores conta com 1 milhão de participantes globais


A evolução dos Snapdragon 800: conheça a plataforma topo de linha da Qualcomm! [ATUALIZADO]

A evolução dos Snapdragon 800: conheça a plataforma topo de linha da Qualcomm! [ATUALIZADO]

A linha conta com os melhores do mundo e os processadores estão nos principais aparelhos Android


Oi promete Wi-Fi grátis e

Oi promete Wi-Fi grátis e "experiência 5G" em seu estande na CCXP 2019

Operadora patrocina o evento e vai mostrar conectividade em parceria com Omelete


O Brasil é o quinto pior país em infrações na coleta de dados biométricos

O Brasil é o quinto pior país em infrações na coleta de dados biométricos

Estudo investiga a coleta de informações em 50 países ao redor do mundo