Concorrência real para o Mavic 2 Pro? Skydio lança teaser de novo drone sucessor do Skydio R1
Créditos: Skydio

Concorrência real para o Mavic 2 Pro? Skydio lança teaser de novo drone sucessor do Skydio R1

O drone deve chegar ao mercado até o fim de 2019 e a empresa não divulgou detalhes sobre especificações

A Skydio, empresa que começou como uma startup californiana, chamou a atenção do mundo dos drones quando lançou o Skydio R1, primeiro drone totalmente autônomo do mercado. Mais de um ano depois, ela anunciou que sua próxima novidade está chegando.

Skydio revela o R1, seu drone capaz de voar sozinho e filmar seguindo o usuário

A empresa publicou no seu site uma curta mensagem que diz "se você está pensando em comprar um drone, espere. Nós temos algo novo chegando nessa primavera", ou seja, no final do ano. Na parte inferior da tela, vemos uma vaga imagem desse dito sucessor do R1.

No início deste ano, um funcionário da Skydio mencionou durante o Drone Film Festival de Nova York que a empresa havia começado a trabalhar em um sucessor do drone Skydio R1. Apesar de termos poucas e vagas informações, uma pergunta é inevitável:

O novo drone da Skydio será um competidor direto do DJI Mavic 2 Pro?

 

A DJI comanda o mercado mundial de drones (relatório de 2018 apontava a empresa com 74% do mercado mundial), mas é interessante colocar alguns pontos na mesa. Logo de início, o Skydio R1 chamou a atenção pelo recurso que muito provavelmente será o futuro dos drones: voo autônomo. A grande maioria dos drones disponíveis no mercado com tecnologia para seguir um objeto hoje se dá bem em seguir desde que haja muito espaço e nada muito complexo. Mesmo o Mavic 2 Pro sendo "o sonho de consumo" para quem quer uma máquina dessas, ele e todos os outros possuem possibilidade explorável até certo ponto.

O R1 trouxe um novo nível de automação quando chegou com uma programação toda calculada pelo Tegra X1 da Nvidia, chip voltado especificamente para funções autônomas que é o mesmo usado em carros da Tesla, que auxilia na função piloto automático dos carros, por exemplo. Com seu poder de cálculo, o drone é extremamente eficiente em voar sozinho, desviando dos mais diversos objetos e indo em várias direções. Isso já é um bom diferencial.

Por ser conectado a smartphones, o R1 não consegue ficar muito longe

Porém, nem tudo são flores. Apesar do R1 ter a sua principal função o voo autônomo, ele tem sua taxa de interesse reduzida por alguns motivos, e tem perda em duas propriedades muito importante para bons drones: distância de voo entre drone e controle e principalmente o preço. Ou seja, o dispositivo não consegue alcançar grandes alturas e seu preço chega ser mais de US$1000 do que o topo de linha da DJI. 

Como o drone é conectado ao smartphone do "piloto", sua área de funcionamento acaba sendo bastante limitada. Dessa forma, ele se torna verdadeiramente útil para um nicho de atividades, principalmente esportivas. Quem quer fazer imagens distantes não deve contar muito com ele.

O R1 saía por US$2.500 no lançamento. O Mavic 2 Pro, por US$1.450.

O segundo ponto pesa no bolso do cliente. Como o Skydio R1 se baseia em um chip de alta potência, logo um chip mais caro, não é surpreendente que o resultado final também seja mais salgado. Na época do lançamento, seu preço sugerido era de US$2.500. Para motivos de comparação, o DJI Mavic 2 Pro saía por cerca de US$1.450 quando entrou no mercado.

Um terceiro ponto parece ironia, mas não é. Mesmo que o Skydio R1  tenha uma excelente automação de voo, não se pode dizer o mesmo da vida útil de sua bateria. O drone autônomo consegue permanecer no ar por apenas 16 minutos a cada carregamento.

Apesar de tudo isso, a possibilidade do Mavic 2 Pro ganhar um concorrente a altura parece bem real. O site especializado no setor de drones, o DroneDJ, acredita em que o sucessor do R1 será mais leve, com uma bateria melhor, aprimoramentos na câmeras e características de voo, além de um preço mais competitivo e um nome que não seja R2.

Enquanto esperamos por mais informações sobre o sucessor do Skydio R1, você pode conferir alguns conteúdos relacionados aqui no Mundo Conectado como:

Um artigo completo sobre a Skydio e seu drone:

A análise completa do DJI Mavic 2 Pro:

Via: DroneDJ
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul e estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Ministro estaria negociando fábrica da Tesla no Brasil

Ministro estaria negociando fábrica da Tesla no Brasil

Vinda da empresa para cá coincidiria com lei que beneficia veículos elétricos no país


Estados Unidos podem bloquear fornecimento de chips para a Huawei

Estados Unidos podem bloquear fornecimento de chips para a Huawei

As autoridades estadunidenses alterariam a Regra de Produto Direto Estrangeiro para fazer isso


Motorista que morreu por Autopilot da Tesla sabia da falha no sistema

Motorista que morreu por Autopilot da Tesla sabia da falha no sistema

Novas informações apontam que o condutor estava jogando no celular momentos antes da batida


DJI Drone-to-Phone Remote ID mostra localização de drones em tempo real no celular

DJI Drone-to-Phone Remote ID mostra localização de drones em tempo real no celular

Drone-To-Phone disponibiliza informações sobre o registro do drone e localização do piloto


Asus e Samsung se destacam nos iF Design Awards 2020

Asus e Samsung se destacam nos iF Design Awards 2020

Premiação é considerada o Oscar do Design e é julgada por jurados especializados