Avião da Virgin Orbit solta foguete LauncherOne no chão como parte de teste
Créditos: Virgin Orbit

Avião da Virgin Orbit solta foguete LauncherOne no chão como parte de teste

Ideia da ação era ver se o pequeno foguete se comportaria como esperado durante a queda

A empresa de serviços de lançamento de satélites de pequeno porte, Virgin Orbit, acaba de concluir uma etapa fundamental de seus testes ao literalmente soltar o foguete LauncherOne em pleno voo e deixá-lo bater com força no chão. Para isso, eles usaram uma versão especial do avião Boeing 747 apelidado de Cosmic Girl, que estava sendo pilotado por Kelly Latimer.

10/07/2019 às 11:20
Notícia

Cientistas desenvolvem tecnologia APDs que promete ser mais r...

A tecnologia pode ser aplicada em sistemas espaciais de comunicação óptica livre do futuro

A ideia do teste era ver se o foguete se comportava como esperado no momento em que ele é solto na atmosfera terrestre. No lançamento aéreo real, o LauncherOne irá ligar seus propulsores e seguir em direção ao espaço. Ele é projetado para levar satélites do tamanho de máquinas de lavar para baixas órbitas ao redor da Terra.

Site oficial: Virgin Orbit

“Agora ISSO é o que nós chamamos de um teste de queda! O vídeo do teste muito bem-sucedido de hoje do nosso veículo de lançamento de pequenos satélites LauncherOne. Mais fotos e vídeos serão publicados em breve”.
Publicação na conta oficial da Virgin Orbit no Twitter

Durante um lançamento de teste real — onde o foguete não irá se espatifar no chão — a Cosmic Girl soltará o LauncherOne sobre a água, e não sobre terra. A ideia é evitar que o foguete machuque alguma pessoa ou destrua propriedades enquanto entra em ignição. Isso é o contrário do que acontece no teste de hoje, que foi realizado sobre a Edwards Air Force Base, no sul da Califórnia. Representantes da Virgin Orbit já confirmaram que pretendem recuperar a agora destruída unidade do LauncherOne que cai sobre a base área dos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

“As informações reais que nós recebemos do foguete são aquelas que vêm nos primeiros cinco segundos. O foguete nos contará onde está, quaisquer movimentos que estiver sentindo e como ele está voando nesses primeiros segundos, que são muito importantes, especialmente para um lançamento aéreo de foguete”.
Dan Hart, presidente e CEO da Virgin Orbit

Via: The Verge
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.