Placas de vídeo Navi da AMD chegam ao mercado entregando mais performance que rivais
Créditos: Foto: Adrenaline

Placas de vídeo Navi da AMD chegam ao mercado entregando mais performance que rivais

Empresa lançou os modelos RT 5700 XT e 5700 pra jogos em alta qualidade gráfica

A AMD, fabricante de microchips para usuários domésticos e também computação de alta performance, lançou nesse final de semana diversos produtos com a nova tecnologia de 7 nanômetros. Com o lançamento oficial no domingo (07/07) das placas de vídeo para jogos Radeon, começaram a surgir testes mostrando o desempenho.

De acordo com as análises divulgadas, as placas Radeon RX 5700 XT e RX 5700 vem trazendo vantagem em desempenho frente aos modelos rivais da Nvidia no mesmo preço, respectivamente as GeForce RTX 2060 Super (US$ 199) e RTX 2060 (US$ 149). 

A performance de ambas as placas é suficiente para jogar em boa qualidade os games mais pesados na resolução QuadHD (2560 x 1440). No Brasil os modelos vem sendo encontrados por R$ 2,2 mil (Radeon RX 5700 XT) e R$ 1,6 mil (Radeon RX 5700).

O principal destaque dessa nova geração de placas da empresa inclui o uso de tecnologias novas da microarquitetura, com a Navi baseadas no RDNA e memórias GDDR6, prometendo uma relação muito superior de performance e consumo de energia, ponto em que a empresa estava atrás comparado aos produtos da Nvidia. Ao total, ambos os modelos são equipados com 8GB de memória dedicada.

Apesar dos avanços das novas placas, ainda há alguns tópicos que a empresa não está tratando. O primeiro é o Ray Tracing: enquanto a Nvidia vem dedicando hardware especializado em entregar os efeitos de traçamento de luz realista, a AMD vem afirmando que usará uma estratégia focada na computação na nuvem, como é o caso do Google Stadia (que usa hardware AMD). O segundo tópico é mais relacionado ao nicho dos entusiastas de hardware: a placa perdeu a capacidade de operar em combinação com outra placa de vídeo, algo que viabilizava montar computadores com várias Radeon para obter mais desempenho.

Além da introdução das placas de vídeo, a empresa também começou a venda dos processadores para consumidores domésticos com essa litografia em 7 nanômetros. Os modelos Ryzen 3000 também trazem uma nova microarquitetura, a Zen2, e tem como principal destaque o aumento da memória cache e refinamentos diversos que possibilitam frequências mais altas e também mais performance em diversos cenários, especialmente em games.

Fonte: Adrenaline
Qualcomm: GPU Adreno 650 é o 'núcleo gráfico mais eficiente do mundo'

Qualcomm: GPU Adreno 650 é o 'núcleo gráfico mais eficiente do mundo'

A Qualcomm apresentou o Snapdragon 865 durante seu evento anual Snapdragon Summit


Mercado de TI da América Latina deve ter aumento de 4,8% em 2020

Mercado de TI da América Latina deve ter aumento de 4,8% em 2020

Segundo a IDC, os investimentos do Brasil no setor chegarão a US$48 bilhões no próximo ano


Samsung deverá produzir os próximos CPUs da Intel de 14 nm e 10 nm

Samsung deverá produzir os próximos CPUs da Intel de 14 nm e 10 nm

Imprecisa é a palavra que a Intel utilizou para desmentir o 'boato'


Novos drivers Nvidia Studio RTX aceleram Blender em 4 vezes

Novos drivers Nvidia Studio RTX aceleram Blender em 4 vezes

Além de Autodesk e Maya, outros apps também são beneficiados


Asus apresenta ProArt StudioBook Pro X, notebook feito para artistas digitais

Asus apresenta ProArt StudioBook Pro X, notebook feito para artistas digitais

Dispositivo traz processador Intel de 9ª geração e placa de vídeo Quadro RTX 5000