Exército dos EUA posicionado no Afeganistão começará a usar mini-drones militares em breve
Créditos: FLIR Government & Defense-Reprodução Youtube|DefesaNet

Exército dos EUA posicionado no Afeganistão começará a usar mini-drones militares em breve

Os drones vão auxiliar principalmente na exploração de terreno e identificação de inimigos

O Exército dos EUA posicionado no Afeganistão vai começar a testar em breve algumas unidades de drones minúsculos da FLIR Systems Inc. O 1º Batalhão do 508º Regimento de Infantaria Para-Quedas da 82ª Divisão Aerotransportada (Airborne) começará a usar os dispositivos no próximo mês enquanto outros elementos da brigada trabalham para descobrir a melhor maneira de usá-los.

24/06/2019 às 22:52
Notícia

DJI anuncia que começará a fabricar drones governamentais den...

Companhia busca fortalecer confiança norte-americana em meio a guerra fiscal com a China

Os drones Black Hornet tem pouco mais de 16 centímetros de comprimento e pesam 33 gramas. Eles têm um alcance de 2 quilômetros e podem voar por pouco menos de meia hora.

Cada um tem três de câmeras, uma delas sendo específica para imagens térmicas, e pode enviar tanto vídeos ao vivo quanto imagens estáticas para o operador. Além disso, comandos e dados enviados entre o drone e seu controlador são criptografados para protegê-lo de hackers, segundo o comunicado divulgado em maio de 2018 pelo Exército norte-americano.

De acordo com o Army Technology, os drones são projetados para “auxiliar os soldados desmontados no campo de batalha”. Isso quer dizer que os oficiais poderiam explorar os terrenos próximos e procurar soldados inimigos que poderiam não ser vistos de outra forma.

"Esse tipo de tecnologia será um salva-vidas para nós porque nos tira do perigo e reforça nossa capacidade de executar qualquer missão de combate em que estamos."

- Sargento Ryan Subers

Inicialmente, o Exército comprou os Black Hornets para testes com as unidades das Forças Especiais em 2016. No final de abril deste ano, a 3ª Brigada de Combate da 82ª Airborne começou a treinar com os drones, construindo uma variedade de cenários nos quais eles poderiam ser usados. 

29/06/2019 às 14:57
Notícia

Drone dos EUA que foi abatido pelo Irã custou 220 milhões de ...

Os Estados Unidos são acusados de invadir o território iraniano sem permissão

Além de um contrato de US$ 2,6 milhões, o Exército dos EUA disponibilizou em janeiro deste ano quase US$ 40 milhões para a FLIR fornecer os seus drones ao seu programa Soldier Borne Sensor. O acordo incluiria 9.000 sistemas, cada um com dois drones. No entanto, a empresa não pôde confirmar o número de dispositivos que serão entregues.

Via: The Verge Fonte: Stars And Stripes
Área 51 fecha espaço aéreo por causa do evento de invasão no Facebook

Área 51 fecha espaço aéreo por causa do evento de invasão no Facebook

Helicópteros e drones estão proibidos de sobrevoar a região


Ataques de drones em petrolíferas sauditas causam disparo no preço global do petróleo

Ataques de drones em petrolíferas sauditas causam disparo no preço global do petróleo

O barril do tipo Brent chegou a quase US$72, maior alta desde 1991


DJI e Delair se unem para criar soluções de gerenciamento de dados para clientes corporativos

DJI e Delair se unem para criar soluções de gerenciamento de dados para clientes corporativos

A união das duas empresas deve resultar em uma plataforma única com soluções fáceis para corporações ao redor do mundo


Casal australiano é preso no Irã após voo ilegal com drone

Casal australiano é preso no Irã após voo ilegal com drone

Blogueiros filmavam viagem da Austrália a Londres quando foram presos


iFood vai experimentar entregas com drones em São Paulo a partir de outubro

iFood vai experimentar entregas com drones em São Paulo a partir de outubro

Entregadores e aeronaves devem trabalhar juntos para melhorar o serviço