Trump anuncia que Huawei poderá negociar novamente com fornecedores dos EUA
Créditos: Huawei

Trump anuncia que Huawei poderá negociar novamente com fornecedores dos EUA

Presidente dos Estados Unidos reconhece que vender equipamentos não é problema de segurança nacional

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou que seu Governo permitirá que a Huawei volte a comprar software e equipamentos de empresas estadunidenses, apenas cerca de um mês depois de anunciar o banimento da companhia como parte de sua estratégia na guerra fiscal contra a China.

28/06/2019 às 11:08
Notícia

Desmontagem do Huawei P30 Pro revela poucas partes de empresa...

Fabricante chinesa não deve ter problemas para encontrar componentes para substituir

O líder da nação norte-americana se reuniu com Xi Jinping, o presidente da China, durante o encontro do G20 — grupo formado pela União Europeia e pelas outras 19 maiores economias do mundo. Lá, eles concordaram em cessar fogo na guerra fiscal entre os dois países, com o primeiro passo para isso sendo a permissão da negociação entre Huawei e fornecedores dos Estados Unidos.

De acordo com o site XDA Developers, as negociações irão continuar em breve, com os líderes de ambos os países de reunindo para acertar outros termos políticos relacionados ao assunto. É importante notar, porém, que representantes do Governo dos EUA ainda deverão se reunir com executivos da Huawei para negociar a retirada da firma chinesa da lista de banimento.

Isso porque a permissão para negociação com companhias norte-americanas não significa a imediata retirada da Huawei da "lista de entidades" do Departamento de Comércio dos EUA. Por isso, é necessário esperar anúncios futuros vindos do país norte-americano, que serão responsáveis por explicar melhor a situação da fabricante chinesa de smartphones.


Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (Fonte: Wikipedia)

"Companhias dos Estados Unidos podem vender seus equipamentos para a Huawei. Nós estamos falando sobre equipamentos, onde não há um grande problema de segurança nacional com isso. Eu disse que está OK, e que nós vamos continuar vendendo esse produto, são empresas americanas que fazem esses produtos. É algo muito complexo, a propósito. Eu concordei em permitir que eles continuem a vender aquele produto para que as companhias americanas sigam suas negociações".
Donald Trump, presidente dos Estados Unidos

Via: XDA Developers, GSMArena
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.