Presidente assina decreto para formalizar Plano sobre a Internet das Coisas
Créditos: Entrepreneur

Presidente assina decreto para formalizar Plano sobre a Internet das Coisas

A medida pretende evitar impostos e criar inovações tecnológicas em áreas de prioridade

Após o Presidente do Brasil anunciar que está trabalhando para criar um modo de reduzir os impostos sobre a importação de produtos de tecnologia, impactando no valor de importação de smartphones, computadores e, possivelmente, jogos eletrônicos, o governo anunciou a assinatura de um decreto que tramita na câmara desde gestões anteriores promete beneficiar a Internet das Coisas (IoT). 

O conceito básico do termo e a ideia de Internet das Coisas está ligado a evolução tecnológica, definindo o modo como objetos físicos como computadores, celulares e carros se conectam à rede e se comunicam entre si. Em outras palavras, Internet das Coisas é tudo aquilo que pode ser ligado à rede para compartilhar informações e dados, facilitando atividades cotidianas com o uso de ferramentas tecnológicas. 

17/06/2019 às 14:22
Notícia

Governo Federal se prepara para revogar uso obrigatório da to...

Formato de plugue é único no mundo e foi implementado em 2011

Com isso em mente fica mais fácil de entender qual é a ideia principal do decreto presidencial, anunciado nesta quarta-feira (27) pelo Diário Oficial da União (veículo de comunicação oficial do Governo Federal). O decreto presidencial n° 9.854 estabeleceu a Câmara de Gestão e Acompanhamento do Desenvolvimento de Sistemas de Comunicação Máquina a Máquina e Internet das Coisas (Câmara IoT), representada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que vai englobar diversos setores de desenvolvimento, como saúde, agricultura, economia, industrial e outras áreas de prioridade em avanços tecnológicos. 

A norma faz parte do Plano Nacional de IoT e tem como principais objetivos criar medidas para evitar tributação, promover o desenvolvimento de aplicações Internet das Coisas, gerar empregos, competitividade empresarial e integrar o país ao cenário internacional em pesquisa e desenvolvimento de soluções e inovações IoF. Em resumo, o decreto espera criar inovações tecnológicas de informação e comunicação a partir da isenção de impostos e taxas de fiscalização.

O Plano Nacional de IoT terá reuniões semestrais para discutir soluções e estar alinhado a Estratégia Brasileira de Transformação Digital.

Para ler o Decreto Presidencial na íntegra, acesse a página do Diário Oficial da União.

Via: Teletime Fonte: Diário Oficial da União
User img

Lucas Alvaro

Philips estaria trabalhando em novos modelos de lâmpadas externas Hue

Philips estaria trabalhando em novos modelos de lâmpadas externas Hue

Catálogo vazado da empresa mostra opções inéditas e versões atualizadas


Ivanka Trump pode dar palestra na CES 2020, apontam documentos

Ivanka Trump pode dar palestra na CES 2020, apontam documentos

Apresentação com a empresária e designer deverá acontecer no dia 8 de janeiro


SpaceX vai levar maconha para a Estação Espacial Internacional

SpaceX vai levar maconha para a Estação Espacial Internacional

Cientistas querem estudar os efeitos da microgravidade nas plantas da espécie Cannabis


Drone Ubsan Zino 2 grava em 4K60fps, tem gimbal de 3 eixos e voa por 33 minutos custando menos de US$500

Drone Ubsan Zino 2 grava em 4K60fps, tem gimbal de 3 eixos e voa por 33 minutos custando menos de US$500

Aeronave tem bateria de 3800mAh e pode ficar até 6km de distância sem perder conexão


Vice-presidente da Oppo diz que a empresa desenvolverá seus próprios chips

Vice-presidente da Oppo diz que a empresa desenvolverá seus próprios chips

Empresa registrou a marca “OPPO M1” em novembro deste ano.