Amazon e Alibaba teriam interesse em comprar Correios [Rumor]
Créditos: Motley Fool

Amazon e Alibaba teriam interesse em comprar Correios [Rumor]

Possível privatização da estatal estaria chamando a atenção de gigantes do e-commerce

A possível privatização dos Correios, que é abertamente discutida pelo atual presidente Jair Bolsonaro, estaria chamando a atenção de gigantes do e-commerce, incluindo Amazon e o Grupo Alibaba, responsável pelo AliExpress. De acordo com informações da coluna Esplanada, escrita por Leandro Mazzini no jornal O Dia, as duas empresas teriam interesse em assumir as operações da estatal.

Segundo as informações, o principal ponto de interesse que colocou os Correios no radar das companhias foi a grande estrutura logística da estatal, que possui abrangência nacional e rotas que alcançam praticamente todo o país, o que seria de grande valia na entrega de produtos comprados online.


AliExpress é um dos serviços da Alibaba. Imagem: Portal Making Of

De acordo com as informações levantadas por Mazzini, as empresas também estudam se aliar com um banco privado brasileiro para realizar a compra e utilizar as agências postais como ponto de interesse para o setor financeiro.

"Em tempos de alta demanda de comércio eletrônico, a empresa federal tem o mapa da mina – a logística de entrega nacional – para seus potenciais futuros clientes. O fato de os Correios também atuarem com o Banco Postal pode atiçar o setor bancário. As multinacionais podem se associar a um banco privado brasileiro para a compra."
- Leandro Mazzini, na coluna Esplanada

Recentemente, o ex-ministro da Secretaria-Geral, Floriano Peixoto, assumiu o comando dos Correios após a saída do antigo presidente, Juarez Cunha. Durante a posse, o novo chefe da estatal disse que ainda não está "falando de privatização" e que não pode fazer grandes mudanças sem antes conhecer a empresa.

Continua depois da publicidade

"Não estamos ainda falando em nada de privatização, nada", disse o novo presidente dos Correios, em entrevista no Palácio do Planalto. "Como eu disse, a minha intenção é ir para lá trabalhar para fortalecer, para fazer a empresa crescer, ficar mais gigante ainda do que ela é. Fortalecer financeiramente e com referenciais de eficiência que tornem a empresa de novo um orgulho para todos nós."

A Amazon e a Alibaba não comentaram oficialmente sobre as declarações.

Fonte: O Dia, G1
Amazon está dando cartões de presente de até US$100 para os alto-falantes Sonos

Amazon está dando cartões de presente de até US$100 para os alto-falantes Sonos

Quatro modelos estão disponíveis com gift cards de US$30, US$50 e US$100


Startup Flytrex promove mais de mil entregas usando drones

Startup Flytrex promove mais de mil entregas usando drones

Companhia utilizou aeronaves do modelo DJI M600 para transporte de pacotes na Islândia


Wing Aviation é o projeto da Google de entregas via drones

Wing Aviation é o projeto da Google de entregas via drones

Companhia experimenta com delivery na Austrália, na Finlândia e nos EUA


Usuário coloca 1,8 Petabytes de pornografia em sua conta do Amazon Drive

Usuário coloca 1,8 Petabytes de pornografia em sua conta do Amazon Drive

Feito foi compartilhado no Reddit e tinha como objetivo descobrir se o armazenamento realmente era ilimitado


Recurso de vigilância para drones da Amazon revelado em patente causa polêmica

Recurso de vigilância para drones da Amazon revelado em patente causa polêmica

Privacidade é a principal preocupação contra drones coletando imagens de casas