Amazon e Alibaba teriam interesse em comprar Correios [Rumor]
Créditos: Motley Fool

Amazon e Alibaba teriam interesse em comprar Correios [Rumor]

Possível privatização da estatal estaria chamando a atenção de gigantes do e-commerce

A possível privatização dos Correios, que é abertamente discutida pelo atual presidente Jair Bolsonaro, estaria chamando a atenção de gigantes do e-commerce, incluindo Amazon e o Grupo Alibaba, responsável pelo AliExpress. De acordo com informações da coluna Esplanada, escrita por Leandro Mazzini no jornal O Dia, as duas empresas teriam interesse em assumir as operações da estatal.

Segundo as informações, o principal ponto de interesse que colocou os Correios no radar das companhias foi a grande estrutura logística da estatal, que possui abrangência nacional e rotas que alcançam praticamente todo o país, o que seria de grande valia na entrega de produtos comprados online.


AliExpress é um dos serviços da Alibaba. Imagem: Portal Making Of

De acordo com as informações levantadas por Mazzini, as empresas também estudam se aliar com um banco privado brasileiro para realizar a compra e utilizar as agências postais como ponto de interesse para o setor financeiro.

"Em tempos de alta demanda de comércio eletrônico, a empresa federal tem o mapa da mina – a logística de entrega nacional – para seus potenciais futuros clientes. O fato de os Correios também atuarem com o Banco Postal pode atiçar o setor bancário. As multinacionais podem se associar a um banco privado brasileiro para a compra."
- Leandro Mazzini, na coluna Esplanada

Recentemente, o ex-ministro da Secretaria-Geral, Floriano Peixoto, assumiu o comando dos Correios após a saída do antigo presidente, Juarez Cunha. Durante a posse, o novo chefe da estatal disse que ainda não está "falando de privatização" e que não pode fazer grandes mudanças sem antes conhecer a empresa.

"Não estamos ainda falando em nada de privatização, nada", disse o novo presidente dos Correios, em entrevista no Palácio do Planalto. "Como eu disse, a minha intenção é ir para lá trabalhar para fortalecer, para fazer a empresa crescer, ficar mais gigante ainda do que ela é. Fortalecer financeiramente e com referenciais de eficiência que tornem a empresa de novo um orgulho para todos nós."

A Amazon e a Alibaba não comentaram oficialmente sobre as declarações.

Fonte: O Dia, G1
Amazon Music agora está disponível no Brasil com os três primeiros meses grátis

Amazon Music agora está disponível no Brasil com os três primeiros meses grátis

Serviço oferece acesso a milhões de músicas sem anúncios


Correios declaram greve geral contra a privatização e pelo reajuste de salário

Correios declaram greve geral contra a privatização e pelo reajuste de salário

Além disso também está sendo debatido a retirada dos pais em planos de saúde e fim dos ACTs


Amazon Prime agora está disponível no Brasil por R$9,90

Amazon Prime agora está disponível no Brasil por R$9,90

Serviço da Amazon oferece frete grátis, Prime Video, Prime Reading, Prime Music e mais


KFC está usando drones para entregar suas comidas na China

KFC está usando drones para entregar suas comidas na China

Fast Food está trabalhando em parceria com a empresa de robótica Antwork


Gearbest promete entregas em cinco dias úteis com seu novo depósito no Brasil

Gearbest promete entregas em cinco dias úteis com seu novo depósito no Brasil

Site nacional reúne produtos com frete grátis, mas ainda oferece poucas opções