Xiaomi Mi Band 4 vendeu mais de 1 milhão de unidades em 8 dias
Créditos: Fontech

Xiaomi Mi Band 4 vendeu mais de 1 milhão de unidades em 8 dias

Vestível fez ainda mais sucesso que sua antecessora

A Mi Band 3 surpreendeu no ano passado por ter alcançado o primeiro milhão em vendas em pouco mais de duas semanas, mas a sucessora da smartband conseguiu fazer isso ainda mais rápido. De acordo com a Xiaomi, a nova Mi Band 4 conseguiu alcançar a marca de 1 milhão de unidades vendidas em apenas oito dias.

Segundo a fabricante, a Mi Band 4 é o vestível que vendeu mais rápido na história da companhia, superando a Mi Band 3. Durante alguns momentos na primeira semana do produto no mercado, cerca de 5 mil encomendas foram feitas por hora. 


Imagem: GSM Arena

O interesse pela Mi Band 4 vem, em parte, por causa do sucesso da Mi Band 3, que se estabeleceu no mercado com um bom vestível focado em custo-benefício. Além disso, o novo produto traz grandes melhorias em comparação ao dispositivo anterior da linha, incluindo tela colorida, mais resistência contra água e um processador mais potente.

Xiaomi no Brasil sem Anatel? Números exibidos
nos produtos não estão homologados

O vestível foi apresentado em 15 de junho e está disponível na China, mas deve chegar de maneira oficial para mais mercados em breve. Como o produto é vendido em grandes e-commerces asiáticos, alguns brasileiros já estão colocando a mão no dispositivo por meio de importação. 

De acordo com o GSM Arena, a Xiaomi fará um evento de lançamento para a pulseira na Europa no dia 26 de junho, quando vai apresentar o dispositivo para o mercado do velho continente como Mi Smart Band 4. 

28/03/2019 às 18:58
Artigo

Xiaomi Mi Band 3 vs Huawei Honor Band 4: o duelo das smartban...

Colocamos as duas pulseiras para ver qual é a que vale mais o seu dinheiro

Graças a uma parceria com a DL Eletrônicos, a fabricante chinesa também está expandindo seu alcance oficialmente no Brasil, logo, quem sabe o vestível seja lançado de forma oficial por aqui em um futuro próximo. A Mi Band 3 já está no catálogo da primeira loja física brasileira da Xiaomi, que foi inaugurada no começo do mês em São Paulo, e também pode ser encontrada no site da marca disponível no nosso país.

Abaixo, você pode conferir as especificações completas da Mi Band 4 e também de sua antecessora, a Mi Band 3. Lembrando que ambas possuem duas versões principais, uma convencional e outra equipada com NFC, que traz suporte para alguns sistemas de pagamento por aproximação na China.

Preços

Preço no lançamentoU$ 25,00 11/06/2019U$ 30,00 22/06/2018
Preço atualizadoU$ 32,99 06/07/2019U$ 22,99 06/07/2019

Ficha Técnica

FabricanteXiaomi Xiaomi
Site oficialLinkLink

Características

DisplayAMOLED colorida, 0.95 polegadas, 120x240px, 2.5D 0,78" OLED, 128x80
Tipo do produtoSmart band Smart band
ResistênciaSIM, 5 ATM 5 ATM
Bateria135 mAh110 mAh
SensoresAcelerômetro de seis eixo
ConexõesBluetooth 5.0 Bluetooth 4.2
CompatibilidadeAndroid, iOS Android, iOS
Peso22 gramas20 gramas
Tamanho21,6 x 10,8 x 12 mm

Via: GSM Arena
MIUI 11 da Xiaomi terá animações e transições mais suaves

MIUI 11 da Xiaomi terá animações e transições mais suaves

Empresa está mudando design de transições do sistema para deixá-las mais ricas em detalhes


Tinder vai lançar uma série com temática apocalíptica

Tinder vai lançar uma série com temática apocalíptica

O conteúdo é feito para ser assistido na vertical através do aplicativo


Novo HP Elite Dragonfly pode ser mais leve que o MacBook Air ou oferecer 24h de bateria

Novo HP Elite Dragonfly pode ser mais leve que o MacBook Air ou oferecer 24h de bateria

O notebook, no entanto, não vai ser tão leve no bolso, chegando por US$ 1.549


Call of Duty: Mobile chega dia 1º de outubro e será gratuito para jogar

Call of Duty: Mobile chega dia 1º de outubro e será gratuito para jogar

Game poderá ser jogado em dispositivos Android e iOS e incluirá um modo Battle Royale


Facebook está trabalhando com a Ray-Ban no desenvolvimento de seus óculos inteligentes

Facebook está trabalhando com a Ray-Ban no desenvolvimento de seus óculos inteligentes

A empresa pretende tornar os óculos substitutos dos smartphones como conhecemos hoje