Recurso de vigilância para drones da Amazon revelado em patente causa polêmica
Créditos: Time Magazine

Recurso de vigilância para drones da Amazon revelado em patente causa polêmica

Privacidade é a principal preocupação contra drones coletando imagens de casas

A Amazon tem planos de um dia oferecer "vigilância como um serviço" usando seus drones entregadores, conforme revelado por uma nova patente sua que foi aprovada no último dia 4 de junho. Os detalhes do texto da patente, no entanto, estão levantando preocupações a respeito da privacidade das pessoas, que pode ser invadida pelos pequenos veículos aéreos coletando imagens de suas residências. No documento, a Amazon afirma o seguinte:

06/06/2019 às 11:51

"Um veículo aéreo não tripulado (VANT) pode realizar uma ação de vigilância de uma parte autorizada. A propriedade pode ser definida via geo-fence, que pode ser um perímetro virtual ou limites ao redor de uma área geográfica do mundo real. O VANT pode fazer imagens da propriedade para gerar imagens de vigilância e essas imagens podem incluir dados de objetos dentro do geo-fencing e dados de objetos fora do geo-fencing (destaque nosso). Enquanto estiver colhendo imagens de vigilância, ou depois que as imagens foram obtidas, a informação de geo-fencing pode ser usada para escurecer ou remover dados de imagens referentes a objetos de fora do geo-fencing (...) Imagens de vigilância geo-clipadas podem ser limitadas à propriedade autorizada, então a privacidade é assegurada para pessoas e propriedades privadas."

Resumindo, os drones usariam o geo-fencing, um "cercamento virtual" para coletar imagens de casas autorizadas, de clientes que contrataram o serviço de vigilância. Eles seriam capazes de detectar movimentos estranhos para alertar os moradores. O problema é que imagens e sons não autorizados podem ser obtidos no processo também, algo reconhecido pela própria patente. O texto mostra um compromisso da empresa em apagar ou censurar essas informações automaticamente, o drone seria capaz de interpretar o que foi capturado fora do determinado pelo geo-fencing e se livrar dessas imagens e sons.

O problema é que pessoas que nem são clientes da Amazon vão precisar "confiar" na empresa para as imagens de suas casas e objetos pessoais não sejam coletados e usados pela companhia para quaisquer fins.

Fonte: Drone DJ
User img

João Gabriel Nogueira

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

DRONE a PROVA D' ÁGUA com câmera 4K - Conheça o SwellPro SPRY+

DRONE a PROVA D' ÁGUA com câmera 4K - Conheça o SwellPro SPRY+

Drone ainda traz uma câmera 4K, autonomia de 17 minutos e um controle que não precisa de celular


É oficial: Príncipe da Arábia Saudita hackeou o telefone do CEO da Amazon, Jeff Bezos

É oficial: Príncipe da Arábia Saudita hackeou o telefone do CEO da Amazon, Jeff Bezos

Um relatório da empresa de segurança forense FTI Consulting confirmou o caso


Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

O dispositivo é o primeiro smartphone dobrável vendido no Brasil pelo preço de R$12.999


Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Modelo com 25.000 neurônios de uma mosca é o maior e mais completo já feito


Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência

Tinder trabalha em botão para ser usado em situações de emergência

Botão pode enviar serviços de emergência direto para sua localização