Netflix testa reprodutor de vídeos flutuante em navegadores para desktop
Créditos: Netflix/Engadget

Netflix testa reprodutor de vídeos flutuante em navegadores para desktop

Ferramenta é bem similar ao recurso PiP encontrado em Android e iOS

A empresa de streaming Netflix começou a testar um novo recurso de janela flutuante que permite que você continue assistindo seus filmes e séries favoritos mesmo depois de minimizar seu navegador. A opção só chega agora aos computadores do tipo desktop, mas já estava disponível através do Picture-in-Picture (PiP) nos sistemas operacionais para dispositivos móveis Android e iOS, assim como em computadores com macOS.

15/06/2019 às 13:00
Vídeo

Resumo Conectado: Mi Band 4 chegou e a Google revelou o desig...

O resumo fala também de algumas novidades da E3 2019, como o xCloud

Para ativá-lo, basta clicar no ícone de “pop-out” que aparece no canto inferior direito do player de vídeo da Netflix. O conteúdo que está sendo reproduzido então irá se mover para uma janelinha flutuante que irá se sobrepor a todos os outros aplicativos que você abrir no seu PC.

Inicialmente, a função foi descoberta pela equipe do site Engadget, que entrou em contato com representantes da empresa de streaming. Em resposta, um porta-voz da Netflix respondeu que se trata apenas de um recurso experimental. 

No iOS e no macOS, já tinha sido possível implementar esse recurso graças a ferramentas implementadas pela própria Apple em seus sistemas operacionais. Como ambos os softwares utilizam o mesmo reprodutor de vídeos, em parte por causa de proteção de copyright, a função de pop-out já fica disponível por padrão.

A janela que aparece no recurso pode ser redimensionada pela usuário e posicionada em qualquer lugar do display que o usuário desejar. Apesar disso, ainda não está disponível o uso de legendas em conjunto com o Picture-in-Picture.

Via: Tech Crunch, Engadget
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.