Executivo da DJI tenta tranquilizar clientes em entrevista:
Créditos: Unwire Pro

Executivo da DJI tenta tranquilizar clientes em entrevista: "seus dados são só seus"

Jan Gasparic afirmou que os negócios da DJI não tem nada a ver com dados, só com drones

Depois do Departamento de Segurança dos EUA ter levantado suspeitas a respeito dos drones da DJI que, segundo as autoridades, poderiam estar enviando dados de seus usuários à China, a empresa tem tentado se defender de todas as maneiras possíveis para não enfrentar um destino parecido com o da Huawei. A fabricante de drones já se declarou a respeito do assunto oficialmente antes, mas nessa semana seu diretor de parcerias estratégicas, Jan Gasperic, falou novamente numa entrevista que os dados dos clientes são somente dos clientes.

Conversando com o canal Fox Business, nos EUA, o executivo afirmou o seguinte a respeito do assunto privacidade dos clientes e acesso aos dados deles:

Seguindo na conversa, Gasparic reiterou que é fundamental destacar que os dados ficam no drone apenas e não são enviados automaticamente para a DJI.

A entrevista pode ser assistida em inglês no vídeo abaixo:

Os Estados Unidos têm "fechado o cerco" contra companhias estrangeiras que suas autoridades julgam estar enviando dados para a China que poderiam ser acessados pelo governo do país para fins de espionagem. Essa é a justificativa que tem sido divulgada, mas críticos da abordagem apontam que é apenas uma desculpa para tentar "sabotar" empresas de fora que emplacam grande sucesso no território do Tio Sam - vale lembrar que mais de 80% dos drones que voam nos EUA são da DJI. A crítica é que o governo norte-americano pode estar usando seus poderes de veto para atrapalhar a competitividade dessas marcas e ajudar as próprias fabricantes. 

17/06/2019 às 17:09
Notícia

Restrições norte-americanas podem fazer Huawei perder US$ 30 ...

O CEO da empresa confessou que não esperavam um "ataque tão implacável"

Continua após a publicidade

Até o momento, o Departamento de Segurança Nacional dos EUA apenas emitiu um comunicado contra-indicando o uso de drones da DJI. Mas, se isso virar um decreto realmente proibindo empresas de lidarem com os produtos da companhia, a situação deles vai ficar tão complicada quanto a da Huawei atualmente.

Fonte: Drone DJ
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.