Investidor sugere que Sony venda suas companhias de semicondutores
Créditos: Nikkei Asian Review

Investidor sugere que Sony venda suas companhias de semicondutores

CEO da Third Point, Daniel Loeb, afirmou que a Sony é "uma grande empresa desvalorizada"

O investidor e CEO da consultora americana Third Point, Daniel Loeb, divulgou uma carta em que diz que a Sony é "uma das empresas de grande porte mais desvalorizadas do mundo atualmente”. Essa declaração foi feita à outros acionistas, mas tinha como principal objetivo dar uma provocada na forma que a gigante japonesa atua no mercado.

Apesar de ter uma participação bem grande em setores multimídia como músicas, filmes, consoles e games, no caso do Playstation, a Sony teve um crescimento expressivo no mercado de semicondutores nos últimos anos, se tornando a maior fabricante de chips de sensores de imagem usados em smartphones atualmente. Porém, Loeb, um investidor que já “injetou” US$ 1,5 bilhão na Sony, acredita a empresa só terá uma uma expansão em seus lucros futuros quando se desvincular do segmento de semicondutores e chips. 

11/06/2019 às 18:56
Notícia

Sony pode estar trabalhando em um Xperia com 6 câmeras, indic...

A corrida em busca do celular com mais câmeras pode ganhar mais um concorrente

O plano é que a Sony venda suas ações de semicondutores para poder se dedicar a investimentos em seus negócios multimídia, apresentando novos serviços de streaming e de jogos. Dessa forma, além de aumentar seus lucros com vendas de ações, a empresa também poderia retomar sua subsidiária de tecnologia por até US$ 35 bilhões em 5 anos. Ou seja, Loeb acredita que a venda do segmento de semicondutores pode trazer benefícios a curto e longo prazo para a Sony.

Apesar do setor de semicondutores atualmente ser responsável por 16% do lucro da Sony - equivalente a US$ 8 bilhões - alguns analistas estimam que 90% da sua receita de chips venha de smartphones e, por conta da atual guerra comercial entre os Estados Unidos e China, a empresa deverá registrar uma redução de até 45% em seu lucro operacional. Um dos motivos é porque uma das suas principais parceiras é a Huawei, que está proibida de atuar no mercado americano. 

Continua depois da publicidade

Por outro lado o presidente e CEO da Sony, Kenichiro Yoshida, acredita que o aumento no número da venda de câmeras para smartphones e a futura demanda por sensores de imagem para carros autônomos compensam os investimentos atuais em sua área de semicondutores, defendendo que sua venda poderia ser ruim para os negócios futuros.

A venda do segmento de semicondutores pode trazer benefícios a curto e longo prazo para a Sony

De qualquer forma, mesmo que a declaração de Loeb não dê certeza de uma melhora de mercado para a empresa, a divulgação da carta foi suficiente para que as ações da Sony subissem 3% na Bolsa de Valores de Nova York e 4% na Nikkei, do Japão. Isso pode acabar resultando numa pressão dos acionistas na Sony e, quem sabe, até em uma futura venda da sua atuação no segmento de semicondutores.

Via: Reuters, Deadline
User img

Lucas Alvaro

Moto G6 e G6 Play ganham atualização para Android 9 Pie começando no Brasil

Moto G6 e G6 Play ganham atualização para Android 9 Pie começando no Brasil

Update traz tema escuro, aplicativos recentes alinhados em grade e gesto para colocar aparelho no mudo


Huawei estende a garantia do P30 lite no Brasil para dois anos

Huawei estende a garantia do P30 lite no Brasil para dois anos

A fabricante também registrou um crescimento de 63% da sua marca no mundo todo


Patente da Huawei revela método do P30 Pro para tirar fotos nítidas da Lua

Patente da Huawei revela método do P30 Pro para tirar fotos nítidas da Lua

O processo foi patenteado pela chinesa no dia 22 de fevereiro deste ano


Nova câmera profissional A7R IV da Sony vem com impressionante sensor de 61 MP

Nova câmera profissional A7R IV da Sony vem com impressionante sensor de 61 MP

Equipamento sem objetivas começa a ser vendido em setembro pelo preço sugerido de US$ 3.500


Estoques do Zenfone 6 estão esgotando pelo mundo - confira depoimento exclusivo da Asus!

Estoques do Zenfone 6 estão esgotando pelo mundo - confira depoimento exclusivo da Asus!

A taiwanesa pode ter ultrapassado a meta de vendas do aparelho para 2019 só entre maio e julho