AMD mostra seus novos processadores Ryzen 3000G com gráficos integrados
Créditos: AMD

AMD mostra seus novos processadores Ryzen 3000G com gráficos integrados

Novos processadores vêm com gráficos Vega e preços competitivos para sistemas acessíveis

A AMD mostrou nessa semana sua nova linha de APUs Ryzen 3000. São novos processadores que podem ser usado tanto em computadores como em notebooks ou sistemas all-in-one, já que contam com gráficos integrados. Isso significa que o mesmo componente, sozinho, age como CPU e GPU, oferecendo processamento e vídeo para o computador. 

10/06/2019 às 21:39
Notícia

AMD anuncia Ryzen 9 3950X, processador bom para jogos e para ...

Mais novo processador top de linha da empresa será lançado em setembro com 16 núcleos e 32 threads

É importante não confundir essa linha com a Ryzen 3000 de CPUs, que tem um nome semelhante, mas um funcionamento bem diferente. Os Ryzen 3000 "não G" são baseados numa nova arquitetura chamada Zen 2, feita num processo de 7nm que é mais eficiente e de melhor performance. A linha de APUs Ryzen 3000 vem no Zen+, que é uma geração anterior. Tanto a parte da CPU como a GPU, que se chama Vega, são fabricados em 12nm.

Créditos da imagem: AMD
Créditos da imagem: AMD

Uma evolução interessante para os novos processadores em relação à sua geração anterior, "2000", é suporte a 4K HDR com proteção, que é usado em serviços famosos de streaming, como a Netflix e o Prime Video, da Amazon. Então, mesmo não trazendo incrementos tão significativos em performance, os processadores ainda vão possibilitar uma resolução maior para ver seus vídeos online - se a internet permitir.

Os novos modelos são, especificamente, o Ryzen 5 3400G e o Ryzen 3 3200G, que chegam às lojas a partir do dia 7 de julho, pelos preços sugeridos de US$ 149 e US$ 99, respectivamente, como aparece na tabela abaixo:

Créditos da imagem: AMD
Créditos da imagem: AMD

É importante lembrar que esses preços não serão uma conversão direta do dólar para o real quando os processadores começarem a ser vendidos aqui no Brasil. Ainda assim, os valores devem continuar bem competitivos, como tem sido a ênfase da AMD desde que começou sua linha Ryzen. Como já podemos notar na tabela acima, os processadores são expressivamente mais baratos que os equivalentes da principal concorrente da fabricante, a Intel.

Continua após a publicidade

Agora é esperar o lançamento para ver quais, exatamente, serão os preços praticados aqui no Brasil, e quanto vão custar os produtos que já vierem com os processadores integrados a eles.

Fonte: Adrenaline
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

40 ATALHOS do WINDOWS 10 para você virar um EXPERT no SISTEMA OPERACIONAL

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.