EmbraerX revela seu modelo de aeronave para projeto de Uber voador
Créditos: Embraer/Divulgação

EmbraerX revela seu modelo de aeronave para projeto de Uber voador

Segundo o CEO da divisão, as naves serão "algo para uso da massa"

A EmbraerX, divisão de tecnologia e mobilidade da Embraer, revelou seu modelo de aeronave elétrica para o Uber Elevate durante sua conferência em Washington, Estados Unidos. O  eVOLT (Electric Vertical Take-off and Landing) é resultado da parceria assinada em 2017 pela fabricante de aviões com a Uber.

Uber acrescentou chamadas de voz gratuitas entre motorista e passageiro

A nave da EmbraerX chamou a atenção na conferência por sua "simplicidade". O design externo mescla asas e um total de dez rotores (oito na horizontal e dois na vertical) com o objetivo de diminuir a quantidade de movimento que o veículo precisará fazer para decolar/pousar, minimizando a complexidade de manutenção.

As hélices não serão visíveis durante os voos e a empresa está se esforçando para que as naves façam o mínimo de barulho. A parte interna está sendo planejada para que seja semelhante ao interior de carros SUVs.

Outro objetivo é dar ênfase à acessibilidade, com embarque facilitado para cadeira de rodas e informações adaptadas para deficientes visuais. Além disso, o eVOLT será movido a bateria para, segundo a Embraer, reduzir custos de operação e o impacto ambiental. Ainda não se tem perspectiva de quanto uma viagem custará para o passageiro. 

Continua depois da publicidade

A primeira apresentação pública do eVOLT está marcada para acontecer na Dubai World Expo em 2020. inicialmente, ele será testado em três cidades - Dallas e Los Angeles, nos EUA, e Melbourne, na Austrália. Até pouco tempo, São Paulo era cotada para ser a terceira cidade.

O plano é ver os Ubers voadores funcionando oficialmente em 2023.  A ideia é que o usuário do aplicativo possa chamar as aeronaves para ir e vir, sobrevoando congestionamentos, e parar em bases aéreas espalhadas em pontos estratégicos. O CEO da EmbraerX, Antonio Campello, diz que “Não será uma aeronave VIP, exclusiva, mas algo para uso da massa”.

03/05/2019 às 18:57
Notícia

Bell Nexus é um drone táxi híbrido com capacidade de decolage...

Responsável pelo protótipo, Bell Helicopter pretende lançar versão final dentro de 2 anos

Continua depois da publicidade

Outras cinco empresas (Boeing, Bell, Pipistrel, Karen e Jaunt) também marcaram presença na Uber Elevate Summit e estão desenvolvendo seus protótipos de nave. Não há confirmação de que o modelo da Embraer estará pronto para os primeiros testes. Campello diz que que a prioridade é criar um protótipo que seja certificado por órgãos de aviação internacional, e não que apenas chegue primeiro.

Via: Veja, em
Nvidia vai disponibilizar toda sua tecnologia CUDA-X AI e HPC para processadores Arm

Nvidia vai disponibilizar toda sua tecnologia CUDA-X AI e HPC para processadores Arm

O suporte da Nvidia abre um novo caminho para a supercomputação Exascale


Lista dos melhores CEOs em 2019 inclui Lisa Su, Jeff Bezos e Satya Nadella

Lista dos melhores CEOs em 2019 inclui Lisa Su, Jeff Bezos e Satya Nadella

Mark Zuckerberg também é mencionado como um dos melhores líderes na revista Barron's


SSD externo SanDisk Extreme chega ao Brasil como opção super rápida

SSD externo SanDisk Extreme chega ao Brasil como opção super rápida

O novo SSD chega com modelos de 250GB e 500GB de armazenamento interno


HDMI 2.1 trará suporte a 8K@60Hz e 48Gbps de transferência de dados

HDMI 2.1 trará suporte a 8K@60Hz e 48Gbps de transferência de dados

O HDMI Forum planeja disponibilizar seu programa de certificação nos próximos meses


Helicópteros da Uber começam a operar nos EUA por valores a partir de US$200 a viagem

Helicópteros da Uber começam a operar nos EUA por valores a partir de US$200 a viagem

A empresa está operando em um único trajeto de oito minutos de voo, em Nova York