Telegram sofre ataque DDoS, comprometendo conexão na América e outros países
Créditos: DADO RUVIC 18-11-2015/Reuters

Telegram sofre ataque DDoS, comprometendo conexão na América e outros países

De acordo com sua publicação no Twitter, "as coisas parecem ter se estabilizado"

O Telegram, aplicativo de mensagens russo, anunciou em sua conta do Twitter que sofreu uma tentativa de ataque conhecido como DDoS. Esse tipo de ciberataque usa um grande volume de acessos simultâneos para derrubar servidores.

Google remove 300 aplicativos Android que eram usados para ataques DDoS

O aplicativo diz que usuários "das Américas e outros países" poderiam ter problemas de conexão. Em uma série de tweets, o Telegram explica de forma prática como funciona o ataque DDoS, e diz que "as coisas parecem ter se estabilizado".

"Um DDoS é um "ataque de negação de serviço distribuído": seus servidores recebem ZILHÕES de solicitações inúteis que os impedem de processar solicitações legítimas. Imagine que um exército de lemingues acabou de pular na fila no McDonald's na sua frente --e cada um está pedindo um Whooper. (lanche do Burger King)"

"Tem um lado positivo: todos esses lemingues estão lá apenas para sobrecarregar os servidores com trabalho extra - eles não podem tirar seu Big Mac e Coca-Cola. Seus dados estão seguros."

05/06/2019 às 21:21
Notícia

Hackers invadem celular do Ministro da Justiça, Sergio Moro, ...

Invasores teriam usado aplicativos e trocado mensagens por um período de seis horas

Uma das hipóteses levantadas é que o ataque seria uma resposta às publicações do The Intercept que mostraram conversas entre Ministro da Justiça Sérgio Moro e o procurador da Operação Lava jato Deltan Dallagnol dentro do aplicativo. A série de reportagens diz que conseguiu o conteúdo privado dos envolvidos através de uma fonte anônima, e o Telegram negou que essas mensagens tenham vindo de uma falha de segurança sua ou de um ataque hacker.

Assim como o WhatsApp, o Telegram utiliza a criptografia para manter a privacidade de mensagens enviadas e evitar que elas sejam lidas durante o trajeto entre emissor e o receptor. A Polícia Federal está apurando o caso.

Via: Uol
A Rússia tem drones para guerra e faz suas primeiras demonstrações

A Rússia tem drones para guerra e faz suas primeiras demonstrações

Altius-U é sua aeronave mais recente e é uma versão modificada de modelos norte americanos


Golpe que clona contas de WhatsApp já atingiu cerca de 8,5 milhões de brasileiros

Golpe que clona contas de WhatsApp já atingiu cerca de 8,5 milhões de brasileiros

Os danos vão desde vazamento de conversas privadas até pedidos de depósitos bancários


Especialistas em segurança alertam contra novo esquema de phishing para usuários da Apple

Especialistas em segurança alertam contra novo esquema de phishing para usuários da Apple

Golpistas miram em pessoas que acabaram de alterar sua senha para e-mail parecer mais realista


Nova vulnerabilidade do Bluetooth, Knob Attack, deixa dispositivos abertos à ataques

Nova vulnerabilidade do Bluetooth, Knob Attack, deixa dispositivos abertos à ataques

Esse bug permite que hackers encurtem o código de criptografia e invadam os dispositivos


Reconhecimento facial da Amazon consegue detectar medo no rosto de pessoas

Reconhecimento facial da Amazon consegue detectar medo no rosto de pessoas

Além disso, o sistema da empresa também é capaz de calcular a idade aproximada de alguém