General Motors pretende usar pneus sem ar e à prova de furos em 2024
Créditos: Reprodução/ Youtube SlashGear

General Motors pretende usar pneus sem ar e à prova de furos em 2024

Novos testes com os pneus da Michelin serão realizados no final de 2019

A General Motors (GM) testou recentemente a nova tecnologia de pneus da Michelin, o Michelin Uptis Prototype, que é à prova de furos e não usa ar. O protótipo, traduzido para Sistema Único de Pneu à Prova de Furos, sairá dos testes laboratoriais para o mundo "normal" no final deste ano e a GM pretende introduzir a iniciativa em seus carros em 2024.

25/05/2019 às 17:30
Notícia

Vídeo da Boring Company mostra Model 3 andando a 204km/h em t...

Companhia de Elon Musk compartilhou novos avanços na tecnologia em vídeo comparativo

Em pneus normais, o ar comprimido funciona como suporte para o peso do veículo e um amortecedor para as variações de altura nas estradas, mas um único furo é capaz de murchar e inutilizar a estrutura, causando um desperdício financeiro e ecológico. Formado a partir de estruturas complexas de borracha que trabalham como molas, o novo sistema não armazena ar e, no caso de pequenas perfurações, consegue manter um desempenho consistente, sem precisar de muita manutenção.

De acordo com a Michelin, cerca de 200 milhões de pneus são descartados anualmente devido à perfurações, uso impróprio de pressões de ar e do desgaste em estradas. O uso de materiais com uma resistência maior, junto com a ausência de ar pode ajudar na diminuição do descarte deste produto mas, o protótipo usa uma quantidade consideravelmente maior de borracha, então os impactos ambientais ainda são questionáveis.

No final deste ano, a GM pretende equipar uma frota de Bolt EVs com o produto para serem testados nas estradas de Michigan, Estados Unidos. Se tudo der certo, os novos veículos que suportam passageiros da GM devem ter a opção de usar o novo pneu a partir de 2024.

06/05/2019 às 15:04
Notícia

Plano de arrecadação de fundos da Tesla ultrapassa meta de US...

A venda praticamente dobra a base de caixa da empresa, que tinha US$ 2,2 bilhões no final de março

Além de ser interessante para o consumidor "comum", o Upsis deve ter deixado muitos donos de carros autônomos empolgados; o pneu representa menos manutenção e dor de cabeça para aqueles que não querem se preocupar com os veículos.

Ainda não sabemos a diferença de preço entre este protótipo e pneus comuns. A diferença de dirigibilidade entre as versões também é uma questão que deve ser considerada, mas só devemos ter mais informações depois dos testes "no mundo real" de devem ocorrer no final de 2019.

Você pode conferir a tecnologia funcionando em um video abaixo.

 

Fonte: Slash Gear
User img

Tadeu Mattos

Empresa japonesa obtém sucesso em testes com carro voadores

Empresa japonesa obtém sucesso em testes com carro voadores

O governo japonês espera ter carros voadores ocupando o país até 2030


Tesla trabalha em solução para corrigir perigoso bug no Dog Mode

Tesla trabalha em solução para corrigir perigoso bug no Dog Mode

Caso usuário configure manualmente a velocidade do ventilador o carro esquenta muito além do esperado