General Motors pretende usar pneus sem ar e à prova de furos em 2024
Créditos: Reprodução/ Youtube SlashGear

General Motors pretende usar pneus sem ar e à prova de furos em 2024

Novos testes com os pneus da Michelin serão realizados no final de 2019

A General Motors (GM) testou recentemente a nova tecnologia de pneus da Michelin, o Michelin Uptis Prototype, que é à prova de furos e não usa ar. O protótipo, traduzido para Sistema Único de Pneu à Prova de Furos, sairá dos testes laboratoriais para o mundo "normal" no final deste ano e a GM pretende introduzir a iniciativa em seus carros em 2024.

25/05/2019 às 17:30
Notícia

Vídeo da Boring Company mostra Model 3 andando a 204km/h em t...

Companhia de Elon Musk compartilhou novos avanços na tecnologia em vídeo comparativo

Em pneus normais, o ar comprimido funciona como suporte para o peso do veículo e um amortecedor para as variações de altura nas estradas, mas um único furo é capaz de murchar e inutilizar a estrutura, causando um desperdício financeiro e ecológico. Formado a partir de estruturas complexas de borracha que trabalham como molas, o novo sistema não armazena ar e, no caso de pequenas perfurações, consegue manter um desempenho consistente, sem precisar de muita manutenção.

De acordo com a Michelin, cerca de 200 milhões de pneus são descartados anualmente devido à perfurações, uso impróprio de pressões de ar e do desgaste em estradas. O uso de materiais com uma resistência maior, junto com a ausência de ar pode ajudar na diminuição do descarte deste produto mas, o protótipo usa uma quantidade consideravelmente maior de borracha, então os impactos ambientais ainda são questionáveis.

No final deste ano, a GM pretende equipar uma frota de Bolt EVs com o produto para serem testados nas estradas de Michigan, Estados Unidos. Se tudo der certo, os novos veículos que suportam passageiros da GM devem ter a opção de usar o novo pneu a partir de 2024.

06/05/2019 às 15:04
Notícia

Plano de arrecadação de fundos da Tesla ultrapassa meta de US...

A venda praticamente dobra a base de caixa da empresa, que tinha US$ 2,2 bilhões no final de março

Além de ser interessante para o consumidor "comum", o Upsis deve ter deixado muitos donos de carros autônomos empolgados; o pneu representa menos manutenção e dor de cabeça para aqueles que não querem se preocupar com os veículos.

Ainda não sabemos a diferença de preço entre este protótipo e pneus comuns. A diferença de dirigibilidade entre as versões também é uma questão que deve ser considerada, mas só devemos ter mais informações depois dos testes "no mundo real" de devem ocorrer no final de 2019.

Você pode conferir a tecnologia funcionando em um video abaixo.

 

Fonte: Slash Gear
User img

Tadeu Mattos

Volvo quer instalar 500 postos de recarga para carros elétricos no Brasil

Volvo quer instalar 500 postos de recarga para carros elétricos no Brasil

Empresa está investindo na eletrificação de seus veículos e pretende ser pioneira no país


Jovem de 14 anos cria tecnologia que remove pontos cegos de carros [vídeo]

Jovem de 14 anos cria tecnologia que remove pontos cegos de carros [vídeo]

Uma câmera é utilizada para dar a visão do que há atrás do pilar do veículo


Pesquisadores desenvolvem bateria que consegue carregar um caro elétrico em 10 minutos

Pesquisadores desenvolvem bateria que consegue carregar um caro elétrico em 10 minutos

Os modelos mais atuais do mercado precisam, em média, de 30 minutos para ter carga parcial


Elon Musk avalia que Tesla pode lucrar mais com energia do que com veículos no futuro

Elon Musk avalia que Tesla pode lucrar mais com energia do que com veículos no futuro

CEO da firma diz ter certeza que divisão da empresa terá o mesmo tamanho que sua área de carros elétricos


Relatório de resultados da Tesla registra lucro líquido de US$143 milhões

Relatório de resultados da Tesla registra lucro líquido de US$143 milhões

As ações tiveram aumento de mais de 20%, atingindo os valores mais altos desde fevereiro