Huawei já tem mais de 1 milhão de smartphones com OS substituto do Android [Rumor]
Créditos: Huawei Mate 20

Huawei já tem mais de 1 milhão de smartphones com OS substituto do Android [Rumor]

Novo sistema operacional deve trazer compatibilidade com apps da Play Store

Apesar da sanção que bane empresas estadunidenses de fazer negócio com a Huawei ter apenas um mês de existência, a empresa já está conseguindo se virar. De acordo com informações do China Daily, a companhia chinesa já fabricou mais de 1 milhão de aparelhos com seu novo sistema operacional que vai substituir o Android e já está enviando os dispositivos para testes.

De acordo com as informações do India Shopps, o novo sistema operacional será compatível com todos os aplicativos Android, ou seja, possivelmente a Huawei utilizou o código aberto do OS da Google como base para seu novo software.

Além disso, os rumores afirmam que a empresa está dando bastante ênfase na segurança e vai lançar seu novo sistema operacional com funções avançadas para proteção de dados pessoais. A firma asiática é acusada pelo governo dos Estados Unidos de usar sua tecnologia para espionar seus clientes, o que explica o foco em privacidade.

Outro ponto importante do próximo sistema operacional da Huawei é que, segundo executivos da marca, o software vai funcionar em diferentes dispositivos, incluindo computadores e eletrônicos inteligentes. A novidade deve expandir a atuação da companhia no setor de internet das coisas, já que vai criar um ecossistema conectado.

HongMeng Os ou Oak OS?

De acordo com uma reportagem do Global Times, o novo sistema operacional se chamará HongMeng OS na China e chegará no resto do mundo como Oak OS (e não Ark OS, como previsto anteriormente). O lançamento do novo software deve acontecer em breve, de acordo com próprios executivos da Huawei.

A sanção que bane a empresa nos Estados Unidos está em pausa e vai voltar a valer em agosto. A tendência é que a Huawei lance o HongMeng OS na China até setembro, preparando o mercado para a nova realidade.


Screenshots vazadas do sistema operacional da Huawei. Imagem: Mobile Indian

Apesar do Android ser um programa de código aberto e a Huawei conseguir acessar sua base, a companhia chinesa não poderá utilizar serviços do Google em seu OS, o que significa a ausência da Play Store e serviços como Gmail e Google Drive.

Na semana passada, a empresa chinesa também perdeu sua parceria com o Facebook e os aparelhos da fabricante não virão mais com os aplicativos da empresa pré-instalados. Apesar disso, os usuários ainda conseguirão usar serviços como WhatsApp e Instagram, basta que a instalação seja feita manualmente no celular.

Você pode conferir as primeiras imagens vazadas do HongMeng OS aqui. E aí, você acha que a Huawei vai conseguir dar a volta por cima e viver sem serviços da Google? Deixe sua opinião nos comentários!

Via: India Shopps
Impressora inovadora cabe na palma da mão e imprime em diversos materiais

Impressora inovadora cabe na palma da mão e imprime em diversos materiais

Produto está em financiamento coletivo e já superou em muito a meta inicial


Google explica porque Pixel 4 não grava vídeos em 4K e 60 frames por segundo

Google explica porque Pixel 4 não grava vídeos em 4K e 60 frames por segundo

Empresa disse que focou seus esforços no Full HD


Microsoft admite que Android é o melhor sistema para smartphones

Microsoft admite que Android é o melhor sistema para smartphones

Dispositivo dobrável Surface Duo roda Android e traz o SoC Snapdragon 855


Análise: Asus ZenFone 6 - câmera giratória é um dos melhores e mais criativos designs do ano

Análise: Asus ZenFone 6 - câmera giratória é um dos melhores e mais criativos designs do ano

Aparelho evolui seu celular e entrega experiência de topo de linha por preço mais barato


ROG Phone II, celular especializado em games da Asus, chega por R$ 4.499

ROG Phone II, celular especializado em games da Asus, chega por R$ 4.499

Aparelho possui componentes de alta performance focados em melhorar a experiência com jogos