Registro no Geekbench confirma que Xiaomi Mi 9T Pro será Redmi K20 Pro no mercado global
Créditos: MySmartPrice

Registro no Geekbench confirma que Xiaomi Mi 9T Pro será Redmi K20 Pro no mercado global

O aparelho marcou 3.453 e 10363 pontos nos testes single-core e multi-core, respectivamente 

O Xiaomi Mi 9T, apareceu no Geekbench alguns dias atrás confirmando que ele vai ser o Redmi K20 fora da china, a data de lançamento também já está marcada oficialmente para o dia 12 de junho, na próxima quarta-feira. Recentemente o Mi 9T Pro também foi adicionado ao banco de dados de benchmarking, e a listagem confirma que ele é um Redmi K20 Pro, renomeado para o mercado global.

04/06/2019 às 15:28
Notícia

Xiaomi anunciará Mi 9T no dia 12 de junho

Smartphone deverá ser um rebrand da linha Redmi K20

O que confirma a informação é que o Redmi K20 Pro já tinha aparecido no Geekbench com o codinome "Raphael", e agora o Mi 9T Pro veio com o mesmo codinome. Ele vem com o sistema operacional Android 9 Pie, mas pode ser que seja atualizado posteriormente. Além disso, vem com um processador octa-core e tem 8GB de memória RAM. Nos testes do Geekbench, divulgados pela MySmartPrice, ele marcou respectivamente 3.453 e 10363 pontos nos testes single-core e multi-core. 

Já se sabe que o smartphone vai ter uma câmera frontal retrátil e um conjunto de três câmeras traseiras. O seu design frontal vai ser focado em otimizar o máximo possível para uso completo da tela, enquanto a parte traseira deve seguir o que já foi apresentado na versão normal.

Continua depois da publicidade

Xiaomi Mi 9T Pro Especificações conhecidas até o momento
Display AMOLED de 6,39 polegadas sem entalhe. Resolução full HD +
Leitor de impressões digitais na tela.
SoC Snapdragon 855
Memória RAM de 8GB
Armazenamento interno de 256GB. Sem entradas para cartão microSD.
Sistema operacional: Android 9 Pie, com interface de usuário MIUI 10
Câmera traseira tripla de 8 megapixels + 13 megapixels
Câmera selfie pop-up de 20 megapixels.
Bateria de 4.000mAh com suporte para carregamento rápido de 27W.

Manu Kumar Jain, diretor da Xiaomi India, já confirmou que o Redmi K20 e o K20 Pro chegarão ao país em meados de julho, para o mercado indiano. A distribuição para os demais países deve acontecer logo em seguida. A Xiaomi ainda não confirmou se ambos os aparelhos vão ser apresentados juntos no próximo dia 12, ou se a versão Pro vai ser lançada oficialmente depois. 

Ainda não tem como saber exatamente quando os novos aparelhos vão chegar no Brasil, lembrando que agora que a Xiaomi está com loja física por aqui. O Redmi K20 já está à venda pelo mercado cinza por valores que variam de US$377 até US$396, cerca de R$1500, em conversão direta, sem considerar impostos. Para entender melhor o conceito de mercado cinza, veja o vídeo abaixo:

Continua depois da publicidade

Via: GSM Arena, Gizmochina, MySmartPrice
User img

Ana Luiza Pedroso

Analista prevê Huawei vendendo 260 milhões de celulares em 2019, ultrapassando expectativas

Analista prevê Huawei vendendo 260 milhões de celulares em 2019, ultrapassando expectativas

Projeção anterior era de enviar 250 milhões de smartphones este ano, mas empresa pode se sair melhor


Harmony OS aparece como mais um possível nome para o sistema operacional da Huawei

Harmony OS aparece como mais um possível nome para o sistema operacional da Huawei

Empresa registrou o nome na Europa - sistema misterioso tem sido chamado de HongMeng OS


Huawei vai demitir centenas de funcionários nos Estados Unidos, afirma jornal

Huawei vai demitir centenas de funcionários nos Estados Unidos, afirma jornal

Alguns trabalhadores já foram notificados e novos cortes acontecerão no futuro


Xiaomi Mi A3 e Mi A3 Lite devem ser lançados em 17 de julho

Xiaomi Mi A3 e Mi A3 Lite devem ser lançados em 17 de julho

Loja espanhola deixou escapar a data de chegada dos smartphones, além de imagem com especificações


Menina na Califórnia diz que seu iPhone 6 explodiu, Apple está investigando

Menina na Califórnia diz que seu iPhone 6 explodiu, Apple está investigando

Ninguém se feriu e a empresa deu um novo aparelho para a família