Smartphones da Huawei não trarão Facebook, WhatsApp e Instagram instalados de fábrica
Créditos: Mashable

Smartphones da Huawei não trarão Facebook, WhatsApp e Instagram instalados de fábrica

A empresa de Mark Zuckerberg também rompeu relações com a fabricante chinesa

Mais uma empresa americana rompeu relações com a Huawei após a sanção que proíbe empresas dos Estados Unidos de negociarem com a fabricante. O Facebook anunciou que não vai mais permitir que sua suíte de aplicativos sejam pré-instalados em futuros smartphons da marca chinesa. 

Isso significa que aplicativos como Facebook, Messenger, WhatsApp e Instagram não estarão disponíveis em smartphones da Huawei assim que forem retirados da caixa. Pelo que a Reuters dá a entender, o fim da parceria entre as empresas só afeta os softwares pré-instalados em smartphones da Huawei

22/05/2019 às 18:10
Vídeo

Huawei: entenda a polêmica envolvendo a fabricante chinesa e ...

Explicamos os motivos e como vai ficar o futuro da empresa após o decreto de Donald Trump

Com isso, os usuários que comprarem futuros smartphones da Huawei ainda conseguirão utilizar os aplicativos do Facebook, mas precisão instalá-los manualmente no aparelho. A Reuters também diz que a empresa de Mark Zuckerberg vai continuar oferecendo suporte para os apps em dispositivos existentes da firma chinesa. Ou seja, os clientes atuais não precisam se preocupar.

Sujo falando do mal lavado?

Como mencionado antes, o motivo para o Facebook parar de fazer acordos de pré-instalação é a sanção dos Estados Unidos que proíbe as empresas do país de fazerem negócios com a marca chinesa, acusada de usar seus produtos para supostamente espionar os clientes a mando do governo da China.

Atualmente, a empresa chinesa está nas cortes estadunidenses se defendendo das acusações da Casa Branca. Curiosamente, o Facebook também está nos tribunais em seu país e enfrenta processos após protagonizar escândalos de vazamentos de dados pessoais.

Mark Zuckerberg, o CEO do Facebook. Imagem: Charles Platiau/Reuters

No ano passado, a companhia se envolveu no grandioso escândalo da Cambridge Analytica, quando foi descoberto que uma empresa terceirizada usou a rede social para pegar dados privados de milhões de usuários sem autorização, com o objetivo de utilizar as informações durante as últimas eleições dos Estados Unidos. 

Enquanto a Huawei é investigada por espionagem, o Facebook coleciona polêmicas de vazamentos de dados

Enquanto a rede social coleciona casos de vazamentos de dados, a popularidade de Mark Zuckerberg, o comandante do Facebook, continua caindo e mais da metade dos acionistas já quer a saída do executivo do posto de CEO. Ainda assim, a situação da Huawei consegue ser mais complicada.

Apesar da sanção dos Estados Unidos estar pausada até agosto, a empresa está lidando com o fato de que vai perder acesso aos serviços de empresas como a Google e parcerias com diversas fabricantes de componentes, como a ARM, o que pode comprometer sua atuação no ocidente futuramente.

De acordo com especulações, a Huawei já conta com um sistema operacional pronto e que deve ser lançado em breve para substituir o Android em seus smartphones, o que deve dar um respiro para a companhia em meio ao caos.

Via: Reuters
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Galaxy Fold 2 pode chegar em julho como primeiro celular com câmera sob a tela

Galaxy Fold 2 pode chegar em julho como primeiro celular com câmera sob a tela

Lentes estariam escondidas debaixo do display do smartphone


Homem é preso nos EUA por usar US$ 350 milhões em Bitcoin para lavar dinheiro

Homem é preso nos EUA por usar US$ 350 milhões em Bitcoin para lavar dinheiro

De acordo com autoridades, criminoso agiu entre 2014 e 2017


Google revela Android 11 na internet por acidente

Google revela Android 11 na internet por acidente

Página já foi tirada do ar, mas mostrou alguns destaques da nova versão


Imagem renderizada mostra possível design do Google Pixel 5 XL

Imagem renderizada mostra possível design do Google Pixel 5 XL

Imagem é aparentemente baseada em um dos três protótipos iniciais


WhatsApp faz sua primeira propaganda mundial com Brasil e Carnaval como tema

WhatsApp faz sua primeira propaganda mundial com Brasil e Carnaval como tema

Campanha "Fica só entre vocês" do app de mensagens é sua primeira nessa escala