Sistema operacional próprio da Huawei pode ser lançado em agosto ou setembro de 2019
Créditos: AndroidMix

Sistema operacional próprio da Huawei pode ser lançado em agosto ou setembro de 2019

O sistema pode ser lançado como HongMengOS na China e ArkOS para o mercado global

Um novo report da Financial Times está falando que o sistema operacional próprio da Huawei, que vai substituir o Android em seus próximos aparelhos, vai ser lançado em agosto ou setembro. Aparentemente o sistema vai ter dois nomes, um para o mercado chinês, HongMengOS e outro para o mercado global, ArkOS.

04/06/2019 às 17:53
Notícia

Imagens do Ark OS, sistema da Huawei para substituir o Androi...

Ao que parece, a solução da firma chinesa pode ser baseada no OS da Google

O Global Times, um tablóide chinês que tem fontes internas da fabricante chinesa, divulgou pelo seu twitter a informação que foi reportada. "O Google alertou o governo Trump de que a proibição da Huawei de atualizar o Android nos seus smartphones levará a empresa a desenvolver seu próprio sistema operacional, que pode comprometer os interesses nacionais dos EUA, informou o Financial Times."

A recente proibição de acordos comerciais entre empresas dos EUA com a Huawei, fez com que muitas empresas rompessem as ligações com a chinesa. Entre elas está a Google, desenvolvedora do sistema operacional Android que é usado nos atuais smartphones da empresa. 

A Huawei já se pronunciou falando que estava trabalhando em um sistema operacional secundário há cerca de um ano, mas que preferia não usá-lo. Por mais que um sistema próprio possa ter muitas vantagens, o CEO Richard Yu, se pronunciou dizendo que a empresa gostava dos sistemas de seus parceiros e não tinha a intenção de implementar um próprio, mas as atuais políticas estadunidenses estavam os obrigando.

20/05/2019 às 10:23
Notícia

O que acontece agora com os celulares da Huawei? E como fica ...

Explicamos como a ordem executiva pode afetar os aparelhos

Se o relatório se confirmar, a empresa deve apresentar o seu sistema até o fim de agosto ou começo de setembro, como o SO já estava em desenvolvimento, não surpreende que o seu lançamento seja tão rápido. Ainda não está claro se as versões chinesas e globais terão modificações, para além do nome. Outra questão importante que ainda não foi divulgada oficialmente pela Huawei é se os aparelhos que já estão no mercado vão receber a migração do sistema ou se vão continuar usando o Android, mesmo sem suporte a mais atualizações e patches de segurança.

É importante lembrar que a empresa ainda não se pronunciou sobre os relatórios e recentes vazamentos envolvendo o sistema operacional, portanto nenhuma dessas informações são oficiais.

Via: IndiaShopps Fonte: Global Times Twitter
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018 publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Huawei estuda construir base de produção 5G na Europa

Huawei estuda construir base de produção 5G na Europa

De acordo com representante da empresa na UE, o processo já está em andamento


Google Fotos fez o download de vídeos para contas erradas

Google Fotos fez o download de vídeos para contas erradas

O bug aconteceu para poucos usuários entre os dias 21 e 25 de novembro


Huawei passa Apple e se torna a segunda maior fabricante de smartphones do mundo

Huawei passa Apple e se torna a segunda maior fabricante de smartphones do mundo

Em paralelo, a empresa da maçã conquistou uma boa vantagem nas vendas trimestrais de 2019


Executivo da Huawei diz que empresa não irá voltar com o Google Mobile Services

Executivo da Huawei diz que empresa não irá voltar com o Google Mobile Services

Atualmente companhia está focada em seu próprio serviço, o Huawei Mobile Services


iPhone 11 domina as vendas nos mercados dos EUA e Europa

iPhone 11 domina as vendas nos mercados dos EUA e Europa

Samsung se manteve estável; Huawei perdeu espaço e Xiaomi cresceu