Amazon apresenta o drone de entrega Prime Air, que consegue voar até 24 km em 30 minutos
Créditos: Amazon | DroneDJ

Amazon apresenta o drone de entrega Prime Air, que consegue voar até 24 km em 30 minutos

Futuro das entregas da empresa

Um dos planos futuros da Amazon é realizar entregas com drones, e isso está mais próximo de se tornar realidade. Durante o evento FAA UAS Symposium, em Baltimore, a empresa apresentou o Amazon Prime Air, drone feito para realizar o delivery de encomendas menores de forma rápida. 

O drone elétrico possui um design especial para conseguir levantar voo e aterrissar vertical e horizontalmente, o que garante mais dinamicidade no uso, além de mais segurança e estabilidade. Segundo a Amazon, o produto também usa machine learning e consegue desviar de objetos, inclusive em movimento, algo essencial para um drone que promete viajar longas distâncias.

Segundo a Amazon, o produto consegue percorrer cerca de 24 quilômetros (15 milhas) carregando um pacote de 2,2 quilos em apenas 30 minutos. Quando a tecnologia decolar (ba dum tss), a tendência é que a empresa utilize os drones para a realização de entregas de pacotes menores.

O objetivo da companhia com os drones elétricos é tornar seu processo de entrega mais dinâmico e rápido. Além disso, os dispositivos são a solução para um processo de delivery livre de carros, reduzindo os danos ao ambiente causados pela emissão de gases poluentes.

Durante o evento, a equipe do Prime Air prometeu que o drone já deve começar a fazer entregas nos Estados Unidos dentro dos próximos meses. A iniciativa só deve sair do chão, porém, após a Amazon receber permissão para voar com o produto no país.


Imagem: Jordan Stead | Amazon

Neste ano, a Google conseguiu permissão para fazer entregas com drones da startup Wing na Austrália, mas com diversas limitações para adaptar os moradores da região de testes à nova tecnologia. 

Levando em conta a necessidade de regulações, pode ser que a companhia ainda enfrente algumas barreiras legais antes de fazer seu serviço de entregas por drones se tornar popular. Segundo o pessoal do New York Times, a tendência é que os drones se tornem mais comuns no mundo do delivery até 2025. Ou seja, ainda deve demorar para vermos os carteiros alados por aí, principalmente no Brasil.

Via: DroneDJ, Engadget
Campinas pode ser a primeira cidade do Brasil a usar drones para entregar comida

Campinas pode ser a primeira cidade do Brasil a usar drones para entregar comida

Parceria entre iFood e empresa de drones SMX Systems negocia o serviço com a Anac


Postmates vai começar a fazer entregas com robôs autônomos em São Francisco

Postmates vai começar a fazer entregas com robôs autônomos em São Francisco

Empresa de rede de correios dos EUA recebeu permissão de São Francisco para testar robôs


DJI Mavic Mini aparece em imagens vazadas, drone pode ser sucessor do Spark

DJI Mavic Mini aparece em imagens vazadas, drone pode ser sucessor do Spark

O drone possui um design muito semelhante ao Mavic 2, em uma proporção muito menor


DRL abre pré-vendas do DRL Racer4, drone FPV que vai de zero a 144km/h em um segundo

DRL abre pré-vendas do DRL Racer4, drone FPV que vai de zero a 144km/h em um segundo

A previsão de começo de distribuição é em 2020 e as entregas estão restritas para os EUA


Amazon inicia os testes com Scout, véiculo autônomo de seis rodas que realiza entregas

Amazon inicia os testes com Scout, véiculo autônomo de seis rodas que realiza entregas

Empresa decidiu realizar os testes na cidade californiana de Irvine, onde o robô é acompanhado por um funcionário para maiores estudos