Vazamento de caixa sugere que Xiaomi Mi 9T é só outro nome para o Redmi K20
Créditos: SoyaCincau

Vazamento de caixa sugere que Xiaomi Mi 9T é só outro nome para o Redmi K20

O aparelho também pode chegar como Pocophone F2 em alguns lugares

Mesmo que a data exata ainda seja um segredo, não é novidade que o Xiaomi Mi 9T será lançado em breve. Até agora, as informações que surgiram sobre esse smartphone indicam que ele é apenas um Redmi K20 com outro nome, e o vazamento de imagens da sua caixa está ajudando a reforçar essa hipótese.

Quem vazou as imagens com a caixa e aparelho em mãos foi um reviewer de tecnologia de Dubai. O aparelho tem uma câmera pop-up e display sem molduras. As informações descritas na proteção de plástico incluem:

Teaser da Xiaomi sugere novo membro para a linha Mi 9 com câmera frontal retrátil

  • Display AMOLED Full-HD+ de 6,39 polegadas com leitor de impressões digitais in-display;
  • Processador Snapdragon 730 8nm de 2.2GHz ;
  • Bateria de 4.000mAh com carregamento rápido de 18W;
  • Câmera traseira principal de 48MP; e 
  • Câmera frontal pop-up de 20MP. 

Fora o nome, não há nenhuma diferença palpável entre o Mi 9T e o Redmi K20. As fotos mostram que dentro da caixa veio um aparelho na cor Carbon Black, o que sugere que o Mi 9T terá opções de cor diferentes do Redmi K20 (que tem variantes em vermelho e azul, além de uma edição especial em fibra de carbono).

O smartphone também terá, no mínimo, uma versão com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento. O Redmi K20 tem versões com até 8GB de RAM e 256GB de armazenamento, mas essas capacidades podem mudar por região.

Existe também a possibilidade do Redmi K20 ser chamado de Pocophone F2 em alguns lugares. Se isso estiver certo, o Redmi K20 Pro provavelmente seguirá o exemplo e será lançado como “Mi 9T Pro” e “Pocophone F2 Pro” fora da China. Porém não há garantia que os aparelhos estarão disponíveis em todas as regiões.

Continua após a publicidade

23/05/2019 às 19:54
Vídeo

A Xiaomi voltou! Entenda o que muda com o retorno da chinesa ...

A empresa prometeu vender todo tipo de dispositivos contectados e seus smartphones, é claro

Pelo que se sabe, a versão Pro tem chipset Snapdragon 855 e carregamento rápido de 27W.

Via: Droidholic, GSM Arena (1), GSM Arena (2), Weibo
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.