Sistema operacional da Huawei deve chegar na China em 2019 e internacionalmente ano que vem
Créditos: CNET

Sistema operacional da Huawei deve chegar na China em 2019 e internacionalmente ano que vem

A empresa já tinha o "plano B" pronto desde o ano passado, segundo executivo

Assim como o Batman, a fabricante Huawei sabe que preparo nunca é demais: depois de uma sanção dos Estados Unidos impedir a firma de usar o Android em seus futuros produtos, a companhia promete que vai lançar seu sistema operacional em breve no mercado. De acordo com informações do Tech Radar, a fabricante pretende trazer seu OS para o mercado chinês ainda em 2019, e lançá-lo no mercado internacional no ano que vem. 

22/05/2019 às 18:10
Vídeo

Huawei: entenda a polêmica envolvendo a fabricante chinesa e ...

Explicamos os motivos e como vai ficar o futuro da empresa após o decreto de Donald Trump

A revelação veio do executivo Alaa Elshimy, que atua como diretor administrativo e vice-presidente da Huawei Enterprise Business Group no Oriente Médio. Durante uma entrevista, o funcionário deu a entender que a solução seria lançada já no mês que vem, mas isso não vai acontecer. A empresa esclareceu que ainda não tem uma data para lançar seu OS próprio.

De acordo com Elshimy, a firma já tem um sistema operacional pronto desde janeiro de 2018, que era um "plano B" para casos de emergência. A Huawei evitou trazer o OS para o mercado anteriormente para não comprometer suas relações com a Google e outras parceiras. Agora, porém, o futuro da fabricante de smartphones depende do lançamento.

"Não queríamos trazê-lo para o mercado, pois tínhamos um forte relacionamento com a Google e outras empresas, não queríamos estragar essas parcerias. Agora, estamos lançando no mês que vem"
- Alaa Elshimy, diretor administrativo e vice-presidente da Huawei Enterprise Business Group no Oriente Médio

O sistema operacional da Huawei está sendo chamado internamente de HongMeng, mas também já apareceu listado como Ark OS. A expectativa é que a solução funcione em smartphones, computadores e diferentes tipos de eletrônicos. Além disso, Elshimy disse que os aplicativos disponíveis no Android devem funcionar no novo OS, que terá sua própria loja, a Huawei AppGallery. 

Além de ter que arranjar um novo sistema para seus futuros aparelhos, a Huawei também está lidando com o fim de outras parcerias importantes, como o rompimento com a fabricante de processadores ARM e a SD Association.

Atualmente, o banimento que impede a Huawei de trabalhar com empresas dos Estados Unidos está pausado para que o mercado se estabilize e os consumidores não sejam deixados na mão. A expectativa é que os EUA utilizem a empresa como moeda de troca na guerra comercial contra a China. Mas, caso isso não aconteça, parece que a Huawei está disposta a lutar para se manter firme e sem a ajuda de tecnologias americanas.

Via: TechRadar
Microsoft admite que Android é o melhor sistema para smartphones

Microsoft admite que Android é o melhor sistema para smartphones

Dispositivo dobrável Surface Duo roda Android e traz o SoC Snapdragon 855


Análise: Asus ZenFone 6 - câmera giratória é um dos melhores e mais criativos designs do ano

Análise: Asus ZenFone 6 - câmera giratória é um dos melhores e mais criativos designs do ano

Aparelho evolui seu celular e entrega experiência de topo de linha por preço mais barato


ROG Phone II, celular especializado em games da Asus, chega por R$ 4.499

ROG Phone II, celular especializado em games da Asus, chega por R$ 4.499

Aparelho possui componentes de alta performance focados em melhorar a experiência com jogos


Pesquisadores criam integração entre smartphone e pele humana artificial

Pesquisadores criam integração entre smartphone e pele humana artificial

É a coisa mais bizarra que você verá hoje


Conheça o iLife MP8, computador que cabe na palma de sua mão

Conheça o iLife MP8, computador que cabe na palma de sua mão

Mini PC traz um processador não tão modesto, 4GB de memória RAM e 64GB de armazenamento