Pixel Watch: Google pode estar trabalhando em seu próprio smartwatch?
Créditos: 9to5Google

Pixel Watch: Google pode estar trabalhando em seu próprio smartwatch?

A empresa deu indícios de que pode lançar um relógio inteligente

Além de ser a empresa responsável pelo sistema operacional Android e o WearOS, a Google também investe em produtos próprios no mercado mobile com a linha Pixel, conhecida pelos seus smartphones. No ramo dos vestíveis, porém, a companhia ainda não anunciou produtos próprios, mas isso pode mudar futuramente.

Desde o começo de 2019, alguns indícios já apareceram e apontam que a empresa possivelmente está trabalhando em um relógio inteligente próprio. Uma das principais pistas veio do próprio site da Google: em fevereiro, a companhia publicou uma vaga de emprego buscando um profissional para atual como vice-presidente de Engenharia de Hardware para vestíveis. Como o próprio nome indica, o objetivo do cargo é "desenvolver múltiplos produtos wearablers simultaneamente".


Imagem: Google | Android Police

Além da vaga de emprego voltada especificamente para liderar uma divisão de vestíveis, outra ação da Google no começo do ano também deu a entender que a companhia pode estar desenvolvendo um smartwatch.

Em janeiro, cerca de um mês antes da vaga de emprego aparecer, a firma gastou cerca de US$ 40 milhões na compra de tecnologias em desenvolvimento pela empresa de relógios Fossil. A Google não deu muitos detalhes sobre a compra, mas informações da época apontavam que a companhia adquiriu uma novidade que ainda não tinha sido lançada no mercado.


Imagem: The Verge

Stacey Burr, gerente de produto da plataforma WearOS, comentou a aquisição de tecnologias dizendo que o movimento representa o comprometimento da Google com os vestíveis, sem mencionar a criação de um vestível próprio.

Na última vez que a Google comentou sobre um possível Pixel Watch foi em agosto do ano passado, quando a empresa desmentiu rumores dizendo que não lançaria um smartwatch tão cedo, visando aprimorar o sistema WearOS antes de mais nada.

Levando em conta as atitudes da Google e o fato de que a firma pode mudar de ideia em seus planos mercadológicos, pode ser que tenhamos alguma novidade sobre o suposto Pixel Watch durante o segundo semestre, quando a companhia costuma apresentar seus produtos. Caso isso não aconteça, quem sabe a firma continue investindo no WearOS para entregar uma melhor experiência em vestíveis baseados no Android.

Via: Android Police, The Verge
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.