SD Association tira Huawei da sua lista e empresa não pode mais usar microSD
Créditos: Cryptomaan/Ars Technica

SD Association tira Huawei da sua lista e empresa não pode mais usar microSD

A fabricante chinesa também está "temporariamente restrita" da Wi-fi Alliance e JEDEC

Nos últimos dias, os problemas da Huawei  só aumentam. Agora a SD Association, que controla o padrão dos produtos SD como cartões de memória, removeu a fabricante da sua lista. Ou seja, a Huawei não pode mais usar desde cartões SD de tamanho normal até microSD em seus smartphones.

24/05/2019 às 15:44
Notícia

Devolver na mesma moeda? Se China proibir produtos Apple, emp...

No entanto, isso pode causar grandes demissões e afetar a economia chinesa ainda mais

Além dos cartões, os produtos SD também englobam os designs de portas que lêem esses dispositivos. Se uma empresa não faz parte da Associação, ela não pode desenvolver oficialmente produtos com esses padrões. A SD Association confirmou ao Android Authority que a chinesa foi removida da sua lista conforme pedido do governo dos EUA. 

A Huawei diz que seus atuais smartphones com o padrão SD não serão afetados com a decisão. Comentários sobre dispositivos futuros que teriam esse suporte foram negados.

Esse movimento não é 100% trágico para a fabricante, já que a Huawei tem se afastado aos poucos dos cartões SD há algum tempo. A empresa está começando a utilizar o seu formato “NanoMemory”, que é menor que um cartão microSD e cabe dentro da bandeja SIM.

Continua depois da publicidade

Huawei está trabalhando para substituir Windows e Android por um software próprio

Como o atual estágio de produção da NanoMemory não é conhecido, a empresa pode enfrentar problemas no curto prazo. Os aparelhos mais baratos podem ser os mais atingidos, pois normalmente têm pouco espaço de armazenamento e os consumidores costumam usar cartões de memória. 

 

Não foi só a SD Association

A Nikkei divulgou que a Huawei também foi "temporariamente restrita" da Wi-fi Alliance. A JEDEC, organização que define padrões de semicondutores, também viu a chinesa retirar sua adesão de forma voluntária e temporária desde a proibição do governo Trump.

Continua depois da publicidade

24/05/2019 às 15:12
Notícia

Google remove oficialmente todos os dispositivos da Huawei do...

Os dispositivos Mate X e P30 Pro não constam mais na lista de aparelhos Android

Esses dois movimentos significam que a Huawei não pode contribuir para o desenvolvimento desses padrões até que as coisas mudem. Ela ainda pode usá-los nos produtos, mas não tem direito de participar na elaboração deles e dos padrões futuros.

Via: 9to5google, wccftech
Investidor sugere que Sony venda suas companhias de semicondutores

Investidor sugere que Sony venda suas companhias de semicondutores

CEO da Third Point, Daniel Loeb, afirmou que a Sony é "uma grande empresa desvalorizada"


Xiaomi e Oppo já estariam testando sistema operacional da Huawei

Xiaomi e Oppo já estariam testando sistema operacional da Huawei

Segundo a Huawei, seu novo sistema operacional será "60% mais rápido que o Android"


Xiaomi por R$ 180 e iPhone por R$ 350 são destaques de leilão da Receita Federal

Xiaomi por R$ 180 e iPhone por R$ 350 são destaques de leilão da Receita Federal

São 122 lotes, incluindo consoles como Nintendo Switch e PS4, carros usados e bicicletas


Huawei vai precisar de mais tempo para ser a maior fabricante de smartphones do mundo

Huawei vai precisar de mais tempo para ser a maior fabricante de smartphones do mundo

A empresa acredita que consegue ser a maior do mundo até janeiro mesmo sem o mercado americano


Santa Catarina decide não cobrar ICMS de software

Santa Catarina decide não cobrar ICMS de software

As empresas de TI terão que pagar apenas o ISS, que é instituído em nível municipal