Casa conectada: LG anuncia seu chip AI para produtos Smart Home
Créditos: Gizmochina/LogoDownload

Casa conectada: LG anuncia seu chip AI para produtos Smart Home

O dispositivo irá acelerar os algoritmos de deep-learning usados em futuros produtos

A LG anunciou seu próprio chip de Inteligência Artificial (AI) para produtos Smart Home*. De acordo com a empresa, o dispositivo tem seu próprio mecanismo neural que vai acelerar os algoritmos de aprendizagem profunda (deep-learning) usados em futuros produtos domésticos inteligentes. Esses produtos incluirão aspiradores de pó, máquinas de lavar roupa, refrigeradores e afins.

* O conceito de Smart Home envolve o uso da tecnologia para garantir o conforto e segurança dentro de casa. Os dispositivos como fechaduras, lâmpadas, máquinas de lavar e afins são conectados à internet e podem ser controlados pelo celular.

O chip tem capacidade de processamento on-device e não precisa de conexão com internet para funcionar. Ele também possui "uma zona separada de segurança implementada por hardware" para armazenar dados pessoais.

“O AI Chip incorpora inteligência visual para melhor reconhecer e distinguir espaço, localização, objetos e usuários, enquanto a inteligência de voz reconhece com precisão as características de voz e ruído, enquanto a inteligência do produto aprimora as capacidades do dispositivo, detectando mudanças físicas e químicas no ambiente.”

Com esse produto, a LG se junta a outras empresas que estão trabalhando em chipsets de aprendizado AI e ML (Machine Learning), como Facebook, Apple e Amazon. No caso da empresa sul-coreana, a solução é focada em dispositivos domésticos e o motivo parece bem claro.

25/04/2019 às 09:20
Notícia

A LG vai suspender a produção de smartphones em sua fábrica n...

A fábrica era responsável pela produção de 10 a 20% dos aparelhos da empresa

 A unidade de eletrodomésticos da LG registrou o maior trimestre de vendas e lucro no último trimestre. Apesar da divisão mobile estar um pouco lenta, o lucro anual de US$ 2,4 bilhões do ano passado apresentou resultados surpreendentes para suas unidades de eletrodomésticos e entretenimento doméstico. Além disso, estas são duas áreas centrais de foco para IA. 

Até o momento, empresas que buscam inteligência artificial ou aprendizado de máquina (ML) no nível de chipset recorreram a nomes consagrados como Intel, ARM e Nvidia, enquanto empresas iniciantes como Graphcore, Cerebras e Wave Computing forneceram alternativas baseadas em VC.

Via: Gizmochina, TechCrunch
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.