Microsoft lança patch para Windows 7 e XP para evitar novos ataques estilo WannaCry
Créditos: TechTheLead

Microsoft lança patch para Windows 7 e XP para evitar novos ataques estilo WannaCry

Mesmo sem suporte oficial, versões mais antigas vão receber essa atualização de segurança

A Microsoft está liberando hoje, dia 15 de maio, um novo patch para corrigir uma vulnerabilidade em seu recurso de Remote Code Execution, para serviços de desktop remoto. Enquanto correções saem para o Windows frequentemente, essa chama a atenção porque vai ser disponibilizada também nas versões já não mais suportadas pela Microsoft, como o Windows XP. O Windows 7, que está no fim de sua "vida", também vai receber o patch.

A empresa está tomando essa medida inusitada por temer que pessoas mal intencionadas consigam explorar a vulnerabilidade em questão - chamada de CVE-2019-0708 - para espalhar uma infecção em massa em máquinas desatualizadas, assim como aconteceu com o WannaCry. O malware que se tornou um problema mundial em 2017 conseguiu se espalhar como fez, em grande parte, por causa do grande número de máquinas com versões antigas do Windows e desatualizadas.

A vulnerabilidade CVE-2019-0708 tem um grande potencial destrutivo pois, assim como o WannaCry, não passa por etapas de que envolvam alguma ação do usuário para se espalhar. Assim, se uma máquina vulnerável for infectada, qualquer outro computador na mesma rede que também seja vulnerável pode ser infectado também, causando uma reação em cadeia, assim como aconteceu com o infame malware.

As versões do sistema operacional que vão receber o patch são:

- Windows 7
- Windows Server 2008 R2
- Windows Server 2008

E as versões do Windows que nem contam mais com suporte, mas que ainda assim serão atualizadas são o Windows 2003 e o Windows XP. Nesses casos o download não será feito automaticamente e é necessário baixar o patch neste link.

Versões mais recentes do sistema, do Windows 8 adiante, são imunes à vulnerabilidade. Por isso que a recomendação principal da Microsoft é atualizar o sistema operacional para a versão mais recente, mas, para quem não quer ainda, a empresa pede que as pessoas façam esse patch o mais cedo possível, para evitar uma crise parecida com a do WannaCry acontecendo de novo.

 

Fonte: Guru3D
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Google pede para usuários trocarem o novo navegador Microsoft Edge pelo Chrome

Google pede para usuários trocarem o novo navegador Microsoft Edge pelo Chrome

Microsoft Edge baseado no Chromium foi lançado em janeiro deste ano


Registros de 250 milhões de atendimentos da Microsoft são expostos por falha

Registros de 250 milhões de atendimentos da Microsoft são expostos por falha

Erro de configuração vazou informações entre 2005 e 2019


Software de segurança Microsoft Defender será lançado para iOS e Android

Software de segurança Microsoft Defender será lançado para iOS e Android

Empresa revelará mais detalhes durante a conferência de segurança RSA na próxima semana


Kaspersky culpa Microsoft por problemas com atualização do Windows 10

Kaspersky culpa Microsoft por problemas com atualização do Windows 10

Atualização KB4524244 já foi removida do Windows Update


Android 11 terá seis versões de teste antes do seu lançamento no terceiro trimestre de 2020

Android 11 terá seis versões de teste antes do seu lançamento no terceiro trimestre de 2020

Três versões Developer Preview e três versões Beta