Google reconhece existência do Fuchsia OS, seu misterioso sistema operacional
Créditos: Cnews

Google reconhece existência do Fuchsia OS, seu misterioso sistema operacional

Companhia afirma que projeto é apenas um experimento iniciado em agosto de 2016

A Google reconheceu de maneira oficial e pública pela primeira vez o seu sistema operacional Fuchsia OS, seu misterioso projeto que apareceu no GitHub em agosto de 2016. Na época, não houve qualquer anúncio e a empresa não postou nenhuma documentação, o que levou a todo tipo de especulação possível: desde que ele iria substituir o Chrome OS ou o Android até de que ele seria o sucessor de ambos os sistemas.

23/11/2018 às 17:40
Notícia

Código do novo SO da Google, Fuchsia OS, mostra suporte ao So...

Fuchsia Gerrit mostrou que o sistema operacional está sendo testado no Honor Play

Recentemente, dois desenvolvedores conseguiram fazer o Fuchsia rodar no Android Studio Emulator, trazendo uma visão completamente inédita do produto. Apesar disso, porém, o que eles encontraram foi um sistema operacional que encontra num estágio muito inicial de desenvolvimento.

Página do Fuchsia OS no GitHub

As teorias sobre o Fuchsia OS são suportadas pelo fato de que o seu código fonte sugere que ele é algum tipo de sistema operacional universal. Isso significa que o software pode rodar tanto num smartphone, num laptop ou em qualquer dispositivo de Internet das Coisas.

"Nós estamos procurando uma nova visão de como um sistema operacional poderia ser. E então eu conheço algumas pessoas que estão muito empolgadas dizendo 'Oh, esse é o novo Android', ou, 'Esse é o novo Chrome OS'. Fuchsia não é realmente sobre nada disso. Fuchsia é sobre desafiar o que é o limite em termos de sistemas operacionais e as coisas que aprendemos do Fuchsia podem ser incorporadas em outros projetos".
- Hiroshi Lockheimer, vice-presidente do Android e do Chrome na Google

Continua após a publicidade

Isso significa que trata-se muito mais de um experimento para a companhia do que qualquer outra coisa, significando que não estamos diante do próximo Android ou do próximo Chrome OS. Ainda assim, recursos que são testados no Fuchsia podem acabar sendo implementados nos sistemas operacionais comerciais da empresa.

Via: XDA Developers
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Zenfone 8: o menor topo de linha de 2021? Tela de 5.9" e Snapdragon 888

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.