Governo zera tarifas de importação para máquinas e bens de informática
Créditos: Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios

Governo zera tarifas de importação para máquinas e bens de informática

Medida terá vigência até 2020 e pode ajudar a facilitar ambiente de negócios, diz o governo

A Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia zerou as tarifas de importações para variados bens de capital, informática e telecomunicações. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) ontem, dia 9, e terá vigência até 31 de dezembro de 2020.

21/04/2019 às 15:33
Notícia

Governo disponibiliza calculadora online da Nova Previdência

Serviço calcula quanto passará a ser sua contribuição se plano for aprovado

Os itens beneficiados por essa isenção são máquinas e equipamentos da indústria que não possuem fabricação nacional, todos na condição de ex-tarifários*. Originalmente, esse conjunto de bens era tributado sob alíquotas** de 12%, 14%, 16% e 18%.

*O regime de Ex-Tarifário consiste na redução temporária da alíquota do imposto de importação de bens de capital, de informática e telecomunicações, assim grafados na Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul, quando não houver a produção nacional equivalente. (fonte: CAMEX)

**Percentual com que um tributo incide sobre o valor de algo tributado.

Continua depois da publicidade

Segundo o governo, essa medida pode ajudar a aumentar a dinâmica da indústria nacional e facilitar o ambiente de negócios no país. No entanto, vale frisar que os produtos que foram isentados são direcionados apenas a alguns setores. Dispositivos como  smartphones, notebooks e drones continuarão seguindo o mesmo padrão de taxação alfandegária e se mantém sujeitos a fiscalização de órgãos como a Anatel.

Para ver a publicação na íntegra e conferir a lista completa de produtos isentos de impostos, basta acessar o Diário Oficial da União aqui.

Via: Tudo Celular, IstoE, Revista PEGN Fonte: Diário Oficial da União
Xiaomi entra pela primeira vez na lista Global 500 da Fortune

Xiaomi entra pela primeira vez na lista Global 500 da Fortune

Ranking da revista classifica as 500 maiores empresas do mundo


Nota fiscal eletrônica economizou mais de 88 bilhões de folhas de papel nos últimos 13 anos

Nota fiscal eletrônica economizou mais de 88 bilhões de folhas de papel nos últimos 13 anos

A NF-e, como é conhecida, revolucionou os processos burocráticos, já que antes era tudo feito no papel e caneta


Analista prevê Huawei vendendo 260 milhões de celulares em 2019, ultrapassando expectativas

Analista prevê Huawei vendendo 260 milhões de celulares em 2019, ultrapassando expectativas

Projeção anterior era de enviar 250 milhões de smartphones este ano, mas empresa pode se sair melhor


Honor supera Xiaomi em vendas online na China no primeiro trimestre de 2019

Honor supera Xiaomi em vendas online na China no primeiro trimestre de 2019

Empresas competem pelo topo no maior mercado de celulares do mundo


Empresas dos EUA vão transferir parte da produção de hardwares para fora da China

Empresas dos EUA vão transferir parte da produção de hardwares para fora da China

HP e Dell vão transferir 30% da produção para outros países, que devem ser no sudeste da Ásia