Governo zera tarifas de importação para máquinas e bens de informática
Créditos: Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios

Governo zera tarifas de importação para máquinas e bens de informática

Medida terá vigência até 2020 e pode ajudar a facilitar ambiente de negócios, diz o governo

A Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia zerou as tarifas de importações para variados bens de capital, informática e telecomunicações. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) ontem, dia 9, e terá vigência até 31 de dezembro de 2020.

21/04/2019 às 15:33
Notícia

Governo disponibiliza calculadora online da Nova Previdência

Serviço calcula quanto passará a ser sua contribuição se plano for aprovado

Os itens beneficiados por essa isenção são máquinas e equipamentos da indústria que não possuem fabricação nacional, todos na condição de ex-tarifários*. Originalmente, esse conjunto de bens era tributado sob alíquotas** de 12%, 14%, 16% e 18%.

*O regime de Ex-Tarifário consiste na redução temporária da alíquota do imposto de importação de bens de capital, de informática e telecomunicações, assim grafados na Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul, quando não houver a produção nacional equivalente. (fonte: CAMEX)

**Percentual com que um tributo incide sobre o valor de algo tributado.

Segundo o governo, essa medida pode ajudar a aumentar a dinâmica da indústria nacional e facilitar o ambiente de negócios no país. No entanto, vale frisar que os produtos que foram isentados são direcionados apenas a alguns setores. Dispositivos como  smartphones, notebooks e drones continuarão seguindo o mesmo padrão de taxação alfandegária e se mantém sujeitos a fiscalização de órgãos como a Anatel.

Para ver a publicação na íntegra e conferir a lista completa de produtos isentos de impostos, basta acessar o Diário Oficial da União aqui.

Via: Tudo Celular, IstoE, Revista PEGN Fonte: Diário Oficial da União
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Relatórios mostram quais serão os efeitos do coronavírus na indústria de tecnologia

Relatórios mostram quais serão os efeitos do coronavírus na indústria de tecnologia

A TrendForce espera queda em vários setores por causa das mudanças no mercado chinês


IDC Brasil prevê que mercado de TIC crescerá 4,9% no Brasil em 2020

IDC Brasil prevê que mercado de TIC crescerá 4,9% no Brasil em 2020

Crescimento deverá ser impulsionado pela expansão de dispositivos inteligentes no varejo


Comissão Europeia investiga Qualcomm na venda de componentes RFFE para 5G

Comissão Europeia investiga Qualcomm na venda de componentes RFFE para 5G

Empresa vai enfrentar mais um "pente-fino" para garantir que não foi "anticompetitiva"


Apple envia 30,7 milhões de Watches aos lojistas em 2019

Apple envia 30,7 milhões de Watches aos lojistas em 2019

Empresa norte-americana superou todo o prestigiado mercado de relógios da Suíça


Spotify tem crescimento

Spotify tem crescimento "exponencial" de podcasts e alcança 124 milhões de assinaturas

Serviço de streaming talvez em breve não tenha mais as músicas como principal negócio