Xiaomi traz seu patinete elétrico M365 para o Brasil pelo preço sugerido de R$ 3.999
Créditos: Electrek

Xiaomi traz seu patinete elétrico M365 para o Brasil pelo preço sugerido de R$ 3.999

Modelo promete autonomia de até 30km, além de ser compatível com o Mi Home

A Xiaomi, através de sua distribuidora oficial DL Eletrônicos, trouxe ao Brasil um de seus primeiros produtos a serem comercializados por aqui sem ser um smartphone. Trata-se do patinete elétrico Mi Electric Scooter M365, que traz um painel digital e funções conectadas.

Segundo a fabricante, o Mi Electric Scooter M365 é capaz de até 30 km de autonomia com uma única carga, alcançando até 25 km/h. Isso é possibilitado pelo seu motor, que conta com potência máxima de 500W. O patinete traz ainda freio a disco, um farol dianteiro e lanterna traseira em LED, para questões de segurança. 

Para a parte conectada, o patinete é compatível com o aplicativo Mi Home, onde, quando sincronizado, é possível ver alguns dados do uso do M365, como as viagens realizadas e a velocidade feita no trajeto. O usuário pode ainda bloquear ou desbloquear o patinete para o uso com o aplicativo. 

A bateria, que segura 30 km, precisa de aproximadamente 5,5 horas para ser completamente recarregada e o Mi Electric Scooter traz um mostrador para indicar seu nível de autonomia. São quatro luzes indicativas que vão apagando a cada 25% de bateria gasta.

O Mi Electric Scooter M365, assim como outros produtos Xiaomi, por enquanto será vendido no Brasil através de lojas online autorizadas, pelo preço sugerido de R$ 3.999. Os distribuidores afirmam que o prazo de entrega é de 30 dias, com uma garantia de até seis meses.

Continua depois da publicidade

16/02/2019 às 18:00
Artigo

Patinetes e bicicletas compartilhadas no Brasil, solução ou p...

Entenda como funciona e o que pode mudar com a chegada dessa inovação

O patinete é só mais um produto do imenso portfólio além dos celulares da fabricante chinesa e chega num momento interessante, pois o veículo está sendo popularizado por aqui por serviços especializados. Empresas como a Grin e a Yellow têm crescido por aqui oferecendo suas soluções compartilhadas de transporte, envolvendo bicicletas e patinetes e o momento da importação do M365, então, provavelmente não é coincidência. Agora é ficar atento a quais outros gadgets começam a se popularizar por aqui porque eles podem definir os futuros investimentos da Xiaomi em também importar suas opções para cá.

Fonte: TechTudo
User img

João Gabriel Nogueira

Receita da Xiaomi cresce 27% no Q1 de 2019 - Confira o relatório de resultados

Receita da Xiaomi cresce 27% no Q1 de 2019 - Confira o relatório de resultados

A marca vendeu 27,9 milhões de smartphones mundialmente, assumindo o 4° lugar no ranking global


Xiaomi lança o Redmi Note 7S, com Snapdragon 660 e câmera de 48MP

Xiaomi lança o Redmi Note 7S, com Snapdragon 660 e câmera de 48MP

Aparelho chega na linha Note 7, que tem como sua principal marca a câmera de 48MP


Vazam especificações completas do Redmi K20: Snapdragon 855, tela OLED e muito mais

Vazam especificações completas do Redmi K20: Snapdragon 855, tela OLED e muito mais

Vazamento apareceu na rede social chinesa Weibo, revelando detalhes do celular


Resumo Conectado: Anúncio do Zenfone 6, imagens da Mi Band 4 e satélites Starlink

Resumo Conectado: Anúncio do Zenfone 6, imagens da Mi Band 4 e satélites Starlink

E mais: a Google finalmente reconhece o Fuchsia OS e celulares Xiaomi podem chegar ao varejo


Poderoso: Xiaomi Mi Mix 4 pode chegar com tela de 120 Hz e câmera de 64 MP [Rumor]

Poderoso: Xiaomi Mi Mix 4 pode chegar com tela de 120 Hz e câmera de 64 MP [Rumor]

A bateria também deve ser impressionante, de acordo com os vazamentos ainda não confirmados