Órgão dos EUA prevê que mercado de drones irá triplicar de tamanho até 2023
Créditos: DJI

Órgão dos EUA prevê que mercado de drones irá triplicar de tamanho até 2023

Demanda por aeronaves comerciais cresce enquanto mercado profissional se estabiliza

A Federal Aviation Administration (FAA), órgão governamental responsável por regulamentar a aviação civil dos EUA, divulgou um novo relatório onde prevê um crescimento vertiginoso para o mercado de drones nos próximos três anos. De acordo com o documento, a expectativa é de que a quantidade de aeronaves da categoria vendidas alcance o triplo da quantidade atual até 2023.

03/05/2019 às 18:57
Notícia

Bell Nexus é um drone táxi híbrido com capacidade de decolage...

Responsável pelo protótipo, Bell Helicopter pretende lançar versão final dentro de 2 anos

Segundo a FAA, mais de 900.000 proprietários de drones já haviam sido registrados nos EUA até o dia 31 de dezembro de 2018. Esse registro, que é feito através da internet é obrigatório desde 2015 no país. O órgão governamental estima que existem cerca de 1,25 milhão de aeronaves no tipo em operação no país. A expectativa é de que o preço de drones se estabilize dentro dos próximos cinco anos, conforme o mercado desacelere.

O relatório em si trata de diversos campos da aviação, desde os voos domésticos e internacionais das linhas aéreas, o tráfego aéreo de cargas, o tráfego especial e drones. De acordo com a FAA, sistemas de aeronaves não tripuladas estão passando por uma fase de grande crescimento nos Estados Unidos e no resto do mundo durante os últimos cinco anos. Isso inclusive acabou gerando problemas como a grande quantidade de pilotos amadores e drones profissionais dividindo o espaço aéreo com aviões tripulados.

Continua depois da publicidade

A quantidade de registros de drones comerciais atingiu a marca de 15.000 por mês no quarto trimestre de 2018, quase três vezes a taxa registrada no mesmo período do ano anterior. Até 2023, a expectativa é de que existam 823.000 drones para consumidores – sem contar os empresariais – habilitados para voar no espaço aéreo dos Estados Unidos.

Até o final de 2019 ou (no máximo) o começo de 2020, a Federal Aviation Administration espera que a quantidade de drones comerciais registrados já ultrapasse as estimativas que empresa tinha feito para 2022 no relatório anterior.

Conforme aponta o site The Verge, o crescimento na quantidade de drones vendidos também deverá trazer novos usos para a tecnologia. Isso inclui o uso para entregas domiciliares, algo com o que empresas como Amazon, Google, Walmart e 7-Eleven já estão experimentando.

Continua depois da publicidade

Via: The Verge
DJI é banida pela empresa que fornece sistema de segurança para a polícia dos EUA

DJI é banida pela empresa que fornece sistema de segurança para a polícia dos EUA

A empresa de softwares Cape decidiu romper suporte para todas as empresas chinesas


FBI pode investigar FaceApp para ver se Rússia tem dados de cidadãos dos EUA

FBI pode investigar FaceApp para ver se Rússia tem dados de cidadãos dos EUA

App famoso por mostrar como pessoas ficariam velhas diz que deleta a maioria dos dados coletados


Uma vulnerabilidade no Bluetooth pode entregar sua localização a hackers

Uma vulnerabilidade no Bluetooth pode entregar sua localização a hackers

Segundo estudo, pulseiras inteligentes são os alvos mais fáceis para um possível ataque


Huawei estende a garantia do P30 lite no Brasil para dois anos

Huawei estende a garantia do P30 lite no Brasil para dois anos

A fabricante também registrou um crescimento de 63% da sua marca no mundo todo


DroneShield lança pistola para derrubar drones a até 500 metros de distância 

DroneShield lança pistola para derrubar drones a até 500 metros de distância 

A DroneGun MkIII consegue interferir nas frequências da aeronave e cortar toda sua comunicação